Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

09/05/2017 14h43

Meu Palpite - Pouco demais para vencer

Compartilhe

O Cruzeiro precisava vencer para levar o título e mais uma vez não jogou para isso. Fez um primeiro tempo horrível, sem chutar a gol e sem nenhum poderio ofensivo para um time que precisava sair de campo com vitória. Além disso, cometeu erros grosseiros de marcação e levou logo um gol, dificultando ainda mais. Meias e atacantes nulos em campo, para variar. No segundo tempo, o treinador resolveu trocar e colocou o Ábila, que empatou a partida.

O Cruzeiro melhorou, foi para cima, mas seus atacantes ficaram devendo mais uma vez, especialmente Thiago Neves, que teve boas chances e desperdiçou. E ainda por cima, Rafael Sóbis, outro que está devendo, ficou parado e armou o contra ataque do adversário que matou o jogo com o segundo gol. Pouca produtividade, quase nada de criação e poucas finalizações. Esse foi o Cruzeiro que precisava vencer o jogo. Pouco demais.

Na verdade, time está devendo muito há tempos. Começou bem a temporada, mas depois o futebol do time do Mano caiu demais, com atuações horríveis, com muita dificuldade para propor o jogo e atacar. Cruzeiro precisa de atacantes de qualidade e não é isso que estamos vendo em campo. Vários jogos com atuações pífias, sem propor o jogo e privilegiando o setor defensivo. Aliás, nem isso, pois a defesa fez um primeiro tempo lamentável, com o Léo mais uma vez falhando em lances decisivos e com o Dedé no banco.

Mano Menezes vai ter que mudar seus conceitos para não entrar no brasileiro da mesma forma, com o time sem alma ofensiva, sem propor o jogo, sem fazer jogadas trabalhadas. Cruzeiro precisava vencer e o que vimos foram poucos minutos de pressão e criação de qualidade em cima do rival. Opções fraquíssimas para mudar o panorama dos jogos em termos ofensivos. Contar com Álisson, Raniel, Marcos Vinícius e cia para isso vai ser duro nos longos meses do campeonato nacional.

 Cruzeiro perdeu o título de maneira merecida, pois não teve competência ofensiva para vencer o adversário em dois jogos. Fica a reflexão. Estamos no caminho certo, diretoria? E aí, Mano Menezes?

Por Bellini Andrade

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus