Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

03/10/2022 16h37

Prefeitura presta contas do segundo quadrimestre do ano

Audiência Pública foi realizada na Câmara Municipal

Compartilhe

Atendendo ao ofício da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de João Monlevade, e conforme a lei de responsabilidade Fiscal, a Prefeitura prestou contas do segundo quadrimestre de 2022, na tarde da última sexta-feira, (30/09).

A Audiência Pública foi conduzida pelo presidente da Comissão, Belmar Diniz (PT), e contou com a participação dos vereadores Bruno Cabeção (Avante), Gustavo Prandini (PTB) e Thiago Titó (PDT).

De acordo com os dados apresentados pelo Secretário Municipal de Fazenda, Adilson Arlindo Carlos, a Prefeitura previa arrecadar no segundo quadrimestre, pouco mais de R$ 33 milhões da receita tributária. Contudo, o valor arrecadado foi de R$40.530.394,41. Um dos fatores que contribuíram para este aumento, segundo o relatório, foi o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, ISSQN. O imposto é pago por empresas e profissionais autônomos sobre a prestação de serviços.

Segundo Adilson, a expectativa é que este valor aumente ainda mais, nos próximos meses, à medida que for concretizando a expansão da ArcelorMittal Monlevade.

Além disso, Adilson explicou que a receita do município, registrada até 31 de agosto, foi de R$241.950.827,39. O total de despesa realizada neste período foi de R$187.678.615,06. Em relação à receita arrecadada e à despesa liquida, a diferença é de cerca de R$64 milhões.

Vereadores se manifestam

O vereador Gustavo Prandini parabenizou pela apresentação dos dados e destacou os valores que a Prefeitura possui em conta. "Não tenho dúvidas que o governo vem mantendo uma boa gestão fiscal. Pelo que percebo há mais de R$100 milhões em caixa, sendo recursos próprios, dos quais R$20 milhões já estão comprometidos com despesas futuras do magistério e recursos, provenientes de emendas do governo federal e estadual, destinados ao cumprimento de convênios". Na oportunidade, Prandini destacou que com o recurso em caixa o município pode prestar mais serviços, como por exemplo, ações para a causa animal, questões voltadas para os idosos, entre outros.

O vereador Thiago Titó, endossou que o cenário atual, mediante as contas do município apresentadas, é mais favorável do que os anos anteriores, ao qual ele atuou como vereador. Ele ainda ressaltou que há muitas obras pendentes e anseios dos moradores para que elas aconteçam. "Além de todos estes investimentos eu espero que a construção do canil saia do papel e seja uma realidade no município".

Por sua vez, Belmar Diniz, informou que vai pedir um detalhamento do Executivo a respeito de verbas que são apresentadas na prestação de contas, como por exemplo recurso para DST/Aids, verba para UBS Cidade Nova, entre outros, e como estes recursos podem ser utilizados, sem que eles fiquem parados na conta.


Flávio Lial
Assessor de Comunicação e Relações Públicas

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus