Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

27/08/2021 11h47

SEXO NO PRIMEIRO ENCONTRO: PODE OU NÃO PODE?

O que vc acha?

Compartilhe
s

 

Hoje vou falar de um assunto bem controverso. Não estou aqui para falar se pode ou se não pode, até porque isso é uma decisão pessoal, lembrando que é preciso precauções para evitar frustrações e falsas expectativas.

O que quero na verdade é falar de algo que pode acontecer e acontece sempre. Em alguns eventos que faço sempre surge essa pergunta, afinal, somos criadas e educadas dentro de ideias e cultura machistas, quebrar esse padrão ou sair fora dos conceitos pré-estabelecidos sempre gera um desconforto. Ainda é muito presente na nossa cultura o reflexo da submissão das mulheres aos homens e esse e outros assuntos ainda são vistos com tabu e preconceito.

Estamos em pleno século XXI. Quantas conquistas nós mulheres já conseguimos a duras penas por sinal, mas ainda assim, ter uma atitude "considerada masculina" causa espanto  e claro gera muito preconceito.

Hoje já temos mais liberdade de falar abertamente sobre sexualidade feminina, temos mais acesso as informações, mas mesmo assim, existem muitas mulheres presas por ideias preconceituosas de que a “mulher que transa no primeiro encontro” não é levada a sério ou pior ainda, não é uma “mulher direita”. E aí vem aquela pergunta que não quer calar:como podemos definir mulher séria ou direita? Infelizmente isso ainda ocorre nos dias atuais. A cultura machista ainda é muito forte na nossa educação. Sem esquecer daquela velha históriade que sexo no primeiro encontro a relação não vai adiante, não vira algo sério. Será mesmo? Só para colocar mais lenha na fogueira...a ciência confirmou com a descoberta feita na Universidade de Iowa pelo pesquisador norte-americano Anthony Paik que não há ligação entre o sucesso dos relacionamentos, o fator dele iniciar ou não com sexo. A grande questão para o sucesso ou não do relacionamento dos casais esta como cada pessoa entende um relacionamento. E isso é individual, não tem uma receita pronta.

Ninguém deve ser colocado em caixinhas. Todas as pessoas possuem suas histórias, personalidade, passado, experiências, desejos e todos nós somos diferentes e isso não determina o nosso caráter.

Bom, sexo no primeiro encontro, significar transar com uma mulher segura e empoderada, que sabe o que quer e que não tem medo das opiniões dos outros. E o sexo com uma mulher segura, muitas vezes assusta homens mais conservadores e eles não aceitam, porque alguns preferem uma mulher mais dependente,insegura, que tenha medo de ficar sem eles, e dessa forma eles podem ter maior controle sobre a situação e sobre a parceira, muitas vezes gerando relacionamentos tóxicos e abusivos. Homens que são mais abertos sabem que uma mulher empoderada, inteligente e que tem opinião própria será uma parceira decidida e que vai querer crescer com ele.

Falando abertamente, nós Mulheres também temos desejos, vontade, tesão, como os homens. Também gostamos de beijar, de descobrir, ser donas das nossas vontades e gozar. Mas como temos uma educação cheia de “nãos”, crescemos achando que não temos direito a também ter prazer e vivenciá-lo. Por medo e culpa, muitas mulheres ainda não conseguem viver e experimentar novas aventuras. Infelizmente, porque ainda é grande o preconceito e tabus em cima das mulheres que ousam e se permitem acreditar que seu corpo, suas regras.

Desde jovens, nós mulheres escutamos que é errado transar no primeiro encontro. Isso precisa mudar e essa mudança só irá acontecer quando homens e também mulheres entenderem que esse comportamento não tem nada de errado e absurdo. Desde que você se sinta completamente confortável e segura para isso.

Se você homem, tem vontade de transar com uma mulher no primeiro encontro, por que a mulher também não pode ter os mesmos desejos e ser respeitada por isso?

Algumas mulheres sentem vontade de fazer sexo no primeiro encontro, mas se sentem inseguras e com medo, então, não faça. Uma educação sexual repressora, baseada no medo, com informações errôneas sobre o sexo, entre outras questões vão interferir nessa decisão. E se você não quiser fazer sexo no primeiro encontro, sem problema e sem neura. Como disse anteriormente essa decisão é sua e somente sua, sabendo que cada decisão também tem suas consequências. Quando a pessoa decide ter sexo no primeiro encontro podem surgir vários conflitos emocionais, estar bem ciente da sua decisão e responsabilidade sobre ela é essencial. E muitas vezes podem inclusive se arrepender, momento de refletir e se questionar, se isso é o que você quer mesmo fazer. Lembre-se ninguém deve ser obrigado a nada, tome a sua decisão e respeite-a.

Mas a dica de ouro vem da psicóloga, terapeuta sexual, educadora sexual e sexóloga, Cida Lopes é: “se não der certo, não tem problemas O próximo está por vir. O importante é estar aberta a novas possibilidades e experiências. Isso tem que deixar de ser uma questão moralista. Se permita realizar os seus desejos e se conhecer”, pontua. 

Ressaltando que: sexo sem proteção não se faz nem com quem você já conhece. A camisinha é o único método contraceptivo que evita a infecção de doenças sexualmente transmissíveis.

E aí vem uma reflexão: por que a mulher não pode simplesmente demonstrar o seu desejo e se permitir ter relação sexual no primeiro encontro?A melhor decisão é seguir o seu desejo e a sua vontade. Pondere o que você realmente quer fazer, desde que seja por e para você!

Nádia Guimarães

Sexóloga, Consultora em Saúde e Educação Sexual

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus