Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

13/08/2021 11h37

FETICHE OU FANTASIA ?

Qual a diferença?

Compartilhe
z

E aí, você já parou passar pensar na diferença entre fetiche e fantasia? Fetiche é a atração sexual por apenas determinada parte do corpo ou por objetos inanimados, como roupas, sapatos e acessórios. 

Bom, se possuir um tema específico, chamaremos de fetichismo. E aí, você tem algum fetiche? Espere, não diga que não... todo mundo tem um pouquinho de fetiche por algo. Não acredita? Você considera sexy quem usa uniforme? Acha salto alto excitante? Sempre sentiu uma atração diferente pela personagem mulher-gato com roupa de vinil? Ter preferência por um tipo de pessoa, de roupa ou de hábito, sentir atração por características específicas do corpo do outro, tais como pés, mãos, genitais, altura, cor e tipo de cabelo. Isso é fetiche! Alguns fetiches, os mais comuns são aceitos socialmente e são vistos como normais.  Inclusive são estimulados pela mídia, como lingeries e pessoas com uniformes profissionais em situações sensuais.

Dessa forma, o fetiche é um objeto de fixação. A pessoa que tem fetiche por alguma coisa ou objeto, em algumas situações só consegue chegar ao orgasmo quando pratica daquela forma. Os fetichistas quase sempre usam algum tipo de ritual para chegarem ao orgasmo. Um exemplo? Para ter satisfação a pessoa gosta de se vestir de determinada forma, como sapatos, vestidos,saias, objetos de tortura ou mesmo algumas partes do corpo como pés.

O que acontece é que falar de sexo já é um tabu, imagine falar sobre fetichismo? E muitas pessoas acabam não assumindo os seus fetiches por vergonha ou medo do que os parceiros podem pensar.

Fantasia se trata de uma vontade, não necessariamente uma obrigação.. Pode tudo, já que se trata de imaginação e não da sua realização.  Um exemplo é uma pessoa que tem a fantasia de ser amarrada na hora do ato sexual e isso seja uma vontade ou curiosidade dela, e não uma necessidade.

A fantasia sexual é criada na imaginação, algo que pode ou não vir a ser realizado. Pode ser uma única vez ou se repetir várias vezes, a realização dela ou não, de forma nenhuma interfere na sua vida. Acontece em qualquer idade, inclusive as pessoas usam para estimular o desejo sexual. Inclusive nos atendimentos onde a mulher queixa da falta de libido, uma das orientações é que a mulher comece a pensar e fantasiar momentos íntimos.

O que precisa ficar claro é que a fantasia sexual serve para ajudar o relacionamento a sair da rotina, inovar, mudar e claro, dar aquela apimentada nos momentos a dois.

Se você se sente seguro em seu relacionamento e acha que é o momento de compartilhar suas vontades mais secretas, vá em frente e fale com jeitinho, para que sua parceria entenda seus desejos. Se sua atração por algo está de acordo com as normas sociais, legais e não está comprometendo suas relações pessoais, por que não?

Infelizmente o que mais se vê, é a falta de diálogo nos relacionamentos, causando angústias pelo fato das pessoas não saberem expressar o que gostam e como gostam. Conversar abertamente é sempre o melhor caminho, principalmente no relacionamento sexual. Procurar entender o que a pessoa acha prazeroso, como a pessoa gosta de ser tocada ou estimulada com certeza fará a diferença no dia-a-dia do casal, evitando assim brigas e maus entendidos. E se por algum motivo você não achar legal aquela fantasia ou fetiche da sua parceria, fale abertamente, ou quem sabe você pode propor algo que acha mais fácil fazer?

Sexo é uma atividade saudável e muito prazerosa.

Isso tem cura e deve ser tratado?A princípio fetiche e fantasia não são vistos como doenças, e podem absolutamente normais da sua sexualidade e desde que não esteja prejudicando ninguém, está tudo bem.Caso a prática esteja gerando angústia em você ou na pessoa envolvida, é orientado procurar ajuda psicológica. Um Terapeuta Sexual pode te ajudar nessa questão. Mas se isso não te incomoda e os parceiros não vêem problema e ainda gostam de participar, porque não? Pratique sua sexualidade e seja feliz.

Nádia Guimarães

Sexóloga, Consultora em Saúde e Educação Sexual

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus