Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

06/08/2021 15h02

SEM HUMOR, A VIDA NÃO TEM SABOR

O humor provocativo de Gabriel Andrade

Compartilhe
G

O BOM DIA falou com GABRIEL ANDRADE, humorista Monlevadense que tem uma bela audiência e que balançou as redes sociais locais com piadas que citavam Monlevade como cidade do graal e caminho pra praia. Teve gente que gostou, alguns se sentiram agredidos em seu ufanismo municipal, outros levaram na brincadeira e o certo é que cidade descobriu que tem mais uma estrela em sua constelação de excelentes e promissores artistas. Gabriel Andrade é mais um Monlevadense brilhando pelo mundo que merece o apoio do pessoal. Quer saber mais? Então leia a entrevista. 

MARCOS MARTINO - Vc vem de que bairro e família de Monlevade? Seus familiares são de Monlevade mesmo? 

GABRIEL ANDRADE - Nasci em Carneirinhos mas hoje meus pais moram no Satélite. Minha mãe se chama Luciana e meu pai Vanício. Mas todo mundo na cidade o conhece como “aquele menino da chave”.

MARCOS MARTINO - Estudou onde na cidade?  

GABRIEL ANDRADE - Estudei na cidade durante todo o ciclo básico. Passei pelo Papini, CEJM e Parreiras. Só saí pra fazer faculdade.  

MARCOS MARTINO - Mudou-se quando pra BH?

GABRIEL ANDRADE - Em Março de 2015, justamente pra começar o curso de Engenharia Elétrica que me formei em 2020. 

Z
Z

MARCOS MARTINO -  Parece que vc gosta de música e humor. Na música vc toca guitarra e canta. Tem banda? É também compositor? Tem algum lugar que a gente ouve músicas suas? 

GABRIEL ANDRADE -Já tive bandas. Hoje em dia fica difícil de manter as duas coisas. Mas eu faço músicas pra colocar nos meus shows e em breve pretendo gravar algumas de uma maneira mais profissional. No mais, o que eu fiz até hoje está no meu YouTube.

MARCOS MARTINO- Como foi que vc começou a interessar-se pelo humor? 

GABRIEL ANDRADE -Sempre gostei de assistir e ao chegar em BH descobri um show ao lado da minha casa. Foi começar a ir sempre pra enfim ter vontade de fazer aquilo também.

MARCOS MARTINO- Vc tinha um grupo de humor em Monlevade?

GABRIEL ANDRADE - Não. Nem sequer via a possibilidade de ser humorista na cidade. Assistia muito pela internet mas só percebi que dava pra fazer também depois de mudar pra BH. 

ARCOS MARTINO - Como vc define o estilo de humor que faz? 

GABRIEL ANDRADE -Eu sou mais adepto de um formato chamado oneliner, que são piadas curtas. A galera me acha “diferentão” por fazer muitas coisas no palco além das piadas. Mas a verdade é só que eu gosto de pensar além daquilo que vou falar também. Mas de forma geral, meu estilo é esse. Piadas curtas sobre os mais variados temas. 

MARCOS MARTINO - Quais são suas grandes influencias? 

GABRIEL ANDRADE -Tenho várias na comédia. Steven Wright, Demetri Martin, Nando Viana, Bo Burnham, Paulo Araújo, Bruno Berg. São tantas que ficaria injusto tentar citar todas. 

Z

MARCOS MARTINO - Vc se inspira mais nos humoristas brasileiros ou estrangeiros? 

GABRIEL ANDRADE -Se fosse necessário definir matematicamente, eu diria que tá mais pra uns 70% de estrangeiros e 30% pra nacionais. Mas acredito que cada um tem seu lugar na minha planilha mental de estudos. 

MARCOS MARTINO - Vc causou muita polêmica em Monlevade, por um dos vídeos que fez, falando que as pessoas conhecem Monlevade por ser caminho pra praia e pela parada do GRAAL. E que a cidade não tem nada pra fazer. Muitos ficaram invocados. Mas o humor tem esse efeito mesmo né? Alguns riem, outros ficam indignados. O que vc tem a dizer sobre isso? 

GABRIEL ANDRADE -Eu apenas fiz uma piada sobre coisas que ouvi a vida inteira como morador na cidade. Reproduzi através de meu texto um pensamento comum. Mas como toda forma de arte, é interpretativo. Vai ser impossível agradar a todos com uma mesma piada. A gente tá acostumado com isso. Fato é que a imensa maioria gostou. Essas pessoas que me importam. Mas quem não gostou acabou divulgando também. Agradeço por isso. 

MARCOS MARTINO - Vc tem muitos vídeos que tem excelente visualização. Qual é o seu método de trabalho? Vc cria os textos e depois produz ou é tudo no improviso? 

GABRIEL ANDRADE -O stand up é criado antes, testado, trabalhado e contado após inúmeros testes. Raramente há algum improviso. É raro, mas essa piada que rodou por Monlevade foi um improviso que felizmente deu certo. De forma geral, é isso. Postei o vídeo no meu canal há 2 anos e recentemente postei na internet esse corte específico da mesma forma que venho fazendo há alguns meses com outras piadas. 

MARCOS MARTINO - Vc tem interação com outros núcleos de criação? Tem participado de projetos de humor por ai?

GABRIEL ANDRADE -Sim. Além de humorista, sou roteirista e tenho projetos com inúmeras pessoas e marcas. Pra citar um, Stevan Gaipo é um cara bem popular e que eu trabalho bastante. 

MARCOS MARTINO - Como vc define o seu estilo? Tem alguns que são mais espalhafatosos, outros mais sutis. Qual é a sua? 

GABRIEL ANDRADE -Eu normalmente faço piadas de coisas que eu penso e acho engraçado. Não tem uma linha única de raciocínio. Eu tô sempre atrás da melhor piada e da melhor performance pra ela. Embora ainda esteja longe de ser tão bom quanto eu gostaria de ser. É um aprendizado eterno. 

MARCOS MARTINO - Vc quer ser conhecido como como youtuber ou como humorista? 

GABRIEL ANDRADE -Meu trabalho é humorista. Youtube, Tiktok, Instagram são apenas mídias. Não me importo muito com como me chamam. Mas meu trabalho mesmo é humorista. (Risos) 

MARCOS MARTINO - O que vc projeta para o futuro? Quais os planos? 

GABRIEL ANDRADE -Atualmente tô trabalhando no meu show solo que será gravado em BH no dia 20 de Novembro. Nele vou colocar minhas melhores piadas curtas e algumas músicas inéditas. 1 hora de show que depois vai proYoutube. Tá sendo muito legal criar uma obra completa. 

MARCOS MARTINO - Existe uma cena de humor em Monlevade? Tem vontade de apresentar-se na cidade? 

GABRIEL ANDRADE -Infelizmente não mas estou trabalhando pra que tenha. Já fiz bastante shows na cidade com vários artistas. Thiago Carmona, Stevan Gaipo, Nando Viana, Nil Agra, Cambota, Rodrigo Marques e vários outros. Produzo o show e me apresento junto. 

MARCOS MARTINO - O que vc acha que precisa acontecer para que Monlevade brilhe...e deixa de ser a cidade da parada pra praia, do GRAAL...e dos acidentes terríveis na 381?

GABRIEL ANDRADE -Como quase todo problema de uma cidade, muito passa pela política. Queria que os governantes tivessem o mesmo empenho em ajudar a cidade que tiveram pra falar mal de mim pelas redes sociais. Monlevade é uma cidade que tem tudo pra ser uma das melhores de MG. Demanda mais atenção, carinho e um trabalho honesto. Dentro das minhas possibilidades, faço o que posso pra ajudar. Criticar é uma maneira de chamar atenção pro problema. Mesmo que em forma de piada. Apoiar os monlevadenses também é uma boa forma. Independentemente de onde eles estejam. A cidade é feita de pessoas. 

MARCOS MARTINO - Você tem conseguido monetizar? 

GABRIEL ANDRADE -Sim. existem diferentes maneiras de monetizar a comédia, eu tento em todas. Vida de artista não é fácil, principalmente pra aqueles que, assim como eu, estão na luta por conquistar seu lugar. Depois pode ser que sejam mais flores, por ora é mais espinho. (Risos) 

MARCOS MARTINO - Quanto tempo dura seu show, qual o suporte necessário, quais seus endereços de instagram, contatos para shows, etc? 

GABRIEL ANDRADE -Nesse momento estou escrevendo meu solo. Um show de uma hora que em Novembro será gravado em BH. Divulgarei no meu Instagram @gabrielandrademg e em todas as minhas redes, certamente. Pra todo tipo de contato, podem me mandar pelo Instagram que a gente direciona pra cada finalidade.

z

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus