Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

02/08/2021 09h09

São Gonçalo do Rio Abaixo se prepara para o 17º Festival de Inverno

De 13 e 22 de agosto, programação gratuita traz lives de nomes como Paulinho Pedra Azul, Saulo Laranjeira, Tianastácia e a dupla sertaneja Marcelo & Ryan

Compartilhe

São Gonçalo do Rio Abaixo se prepara para o seu 17º Festival de Inverno, queserá realizado de 13 e 22 de agosto. Mais uma vez online, devido rígidos protocolos de prevenção a Covid-19, e totalmente gratuita, a programação contará com lives exclusivas pelo YouTubecomo a do cantor e compositor Paulinho Pedra Azul, que divide o palco com duas “pratas da casa”: a cantora Graci e Deângelo Silva, pianista, compositor e arranjador da nova geração da música instrumental.

Outros nomes estão incluídos no festival: o cantor e humorista Saulo Laranjeira, a banda Tianastácia e a dupla sertaneja Marcelo & Ryan, que também receberão artistas são-gonçalenses em seus shows. A programação terá, ainda, um dia especial para as crianças, o grupo de música infantil Pé de Sonho.

Durante o mesmo período, acontece o 3º Festival Gastronômico de São Gonçalo do Rio Abaixo, distribuindo R$15 mil em premiações aos melhores pratos do ano, dentre opções criadas exclusivamente por 15 estabelecimentos da cidade, que possui cerca de 12 mil habitantes.

Os menus participantes poderão ser pedidos por delivery ou, em alguns casos, retirados no local. “A ideia é colaborar com a classe artística e com o setor alimentício, tão afetados pela pandemia. Esperamos que os estabelecimentos consigam ter vendas significativas, principalmente pelo delivery, que tanto tem sido importante. Também é uma forma de valorizar os artistas da cidade, que praticamente não tocam há mais de um ano, e principalmente de viabilizar seus trabalhos”, afirma o secretário municipal de cultura de São Gonçalo do Rio Abaixo, Aulus de Souza Rodrigues.

Para o secretário, a realização do 17º Festival de Inverno e do 3º Festival Gastronômico reforça a importância de preservar a história e o patrimônio cultural do município, muito conhecido por suas riquezas mineiras. Desde 2006, a mineradora Vale atua em São Gonçalo, de forma cada vez mais expansiva. “Nos últimos 15 anos, São Gonçalo passou por um crescimento muito expressivo por conta da atividade da mineração, o que fez com que muita gente de fora viesse morar na cidade. Diante disso, acredito que eventos como o Festival de Inverno são importantes para preservar a cultura da cidade e promover suas características históricas, contribuindo para que ela continue culturalmente ativa, sem perder a essência. Por isso, a população local abraça o evento de uma forma tão bonita, há tanto tempo”, afirma.

Nesses 17 anos, o Festival de Inverno de São Gonçalo já recebeu nomes como Milton Nascimento, 14 Bis, Jair Rodrigues, Maria Gadu, Ed Motta, Jorge Vercílio, Frejat, Titãs, Pato Fu, entre outros tantos artistas de projeção nacional,  além de promover apresentações de artistas locais de diferentes gêneros musicais. “A gente sempre inclui uma grande variedade de estilos e linguagens artísticas. Desta vez, temos heavy metal, sertanejo, música católica, música instrumental, jazz”, comenta Aulus de Souza Rodrigues, ressaltando que a Prefeitura de São Gonçalo nem pensou em desistir do Festival de Inverno na pandemia. “Pelo contrário. Desde o princípio, pensamos em como realizá-lo de maneira satisfatória. Perdemos o contato com o público, aquele ambiente democrático da praça; mas, com o online, ganhamos em alcance. Então, a ideia é amplificar ainda mais as vozes de São Gonçalo”, finaliza o secretário.

Festival Gastronômico

Trazendo como conceito a história e as memórias afetivas, o terceiro Festival Gastronômico de São Gonçalo do Rio Abaixo acontece nos finas de semana de 13 a 15 de agosto, e de 19 a 22. Entre os 15 participantes, estão 13 estabelecimentos alimentícios, além de uma cervejaria e uma cachaçaria. “Neste ano, estamos trabalhando as origens. Pratos que valorizem a memória afetiva e a história de São Gonçalo. Temos muita variedade: são estabelecimentos que servem hamburger, carne de panela, pizza, peixe, costela”, conta a consultora Laura Cota, coordenadora da equipe de consultoria gastronômica do festival.

Todos os participantes tiveram que inscrever dois pratos: um que já servem em seus espaços e outro criado exclusivamente para o festival, com ingredientes produzidos em São Gonçalo do Rio Abaixo. “A cidade tem uma coisa do quintal, do ingrediente da horta. A ora pro nobis, a goiaba. O doce de frutas, as compotas. O requeijão, o queijo caseiro. Muita banana, que é comum na região. Sopa de banana, banana chips”, afirma Laura Cota, reiterando o destaque aos doces, como a goiabada de Barão de Corais. “Não é função do festival descobrir o ingrediente típico de São Gonçalo, mas com certeza ele ajuda a fazer esse resgate, a levantar esse histórico”.

Após inscreverem seus pratos, os participantes passaram por consultorias com o chef André Barreto, do blog Cozinhe para Ela. Na primeira etapa, Barreto viu os pratos e incentivou os participantes virtualmente, antes de, enfim, visitar as cozinhas e provar os menus, para dar sugestões de ajustes e opiniões. Na próxima visita, o chef apenas provará os pratos e dará suas notas. Na fase final, quem decide é o público. Avaliados pelos critérios de “origem”, “inovação” e “serviço”, os cinco primeiros colocados receberão premiações em dinheiro. “O Festival Gastronômico é uma forma de a ajudar a construir outra vertente econômica que não seja só essa pautada na mineração. Temos visto resultados, já que as inscrições seguem aumentando a cada ano e o setor continua ativo, mesmo diante dos desafios da pandemia”, diz Cota.

17º Festival de Inverno e 3º Festival Gastronômico

São Gonçalo do Rio Abaixo

Quando.De 13 a 22 de agosto
Onde. youtube.comculturasaogoncalo
Quanto.Programação gratuita
Mais. Programação completa em saogoncalo.mg.gov.br
Nas redes.Instagram| Facebook


 

 

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus