Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

18/12/2020 09h10

MIRANTE: PEDRO: "PEDRA QUE VIROU POESIA EM FORMA DE MÚSICA..."

MIRANTE: PEDRO: "PEDRA QUE VIROU POESIA EM FORMA DE MÚSICA..."

Compartilhe

By Sheila Malta

Fica a singela homenagem de nossa coluna e também como Pensando Monlevade, a este grande artista, que antes de tudo, era música em todos os tons e o sorriso doce de uma criança...

PEDRO: “PEDRA QUE VIROU POESIA EM FORMA DE MÚSICA E FOI ENCANTAR COM SEUS TONS O UNIVERSO!”

Como diria Raul: “Pedro onde cê vai, eu também vou...Mas tudo acaba onde começou!”

Desde que nascemos, morremos um pouco mais a cada dia...

Sim! Nascer e morrer são lados opostos, de um mesmo dado, a que todos estamos suscetíveis neste grande jogo que é a VIDA!

Cada respirada, é um renascimento.

E com você, não poderia ser diferente, Sr. Pedro Alcântara...Em vida, você foi um artista, não só pelas suas habilidades artísticas de maestro e músico, mas sim, de uma sensibilidade ímpar, que agora será captada pelas estrelas e porque não, pelo maior maestro de todos...DEUS!

Assim como era silencioso, mas seu talento ecoava como um barulho suave aos ouvidos, se foi, silencioso, mas não menos retumbante...Deixou um grande legado!

Um legado de muito amor... Uma FAMÍLIA!

Deixou a maior riqueza de todas...FAMÍLIA, de ALCANTÂRAS!

Desde pequena, a Família Alcântara é um nome e são personagens da vida real, que povoam a nossa cidade de gratas surpresas, seja pelo sucesso em nossas minas gerais e outros estados, seja pelo sucesso no mundo inteiro...

Vou me lembrar de você assim como nesta foto, com esse sorriso largo e terno, sorriso que acolhe, sorriso que abraça...

Me vem a memória certa vez, quando na Casa de cultura, você era professor de canto lá, e eu despretensiosamente (porque fiz piano lá durante um tempo, hobby que carrego comigo até hoje!), me matriculei na aula de canto e para minha grata satisfação você no primeiro dia de aula, pediu a mim e aos outros alunos em um exercício vocal que mostrássemos nossos timbres, e eu tímida cantei alguma notas(perdão...maestro, mas não me lembro a música!) e você me disse: “ Voce tem futuro...rsss(Só que não!), mas mesmo assim ainda que não tenha virado nenhuma “Tarja turunen”, guardo com carinho esse dia na memória.

AH! Pedro...Você não era uma pedra qualquer. Você era um castelo!

E construiu tantas outras pedras, que viraram igualmente castelos...

Você era DÓ, RÉ, MI, FÁ,SOL,LÁ, SI...DÓ! - Todos os tons de maior a menor, de sustenido a bemol.

Era as duas claves juntas(SOL E FÁ)...

Você era música e música vai para o universo né?

Ecoa...

Música não se prende a matéria, ela é fluida...

Transcende...

E lá se foi no dia 14 de dezembro, a poesia Pedro, em forma de música, encantar aos anjos e a DEUS, com uma sinfonia única, que só os ouvidos mais habilidosos estão preparados para apreciar...

Quanto a nós?

Ficamos aqui, apreciando seu legado, sua família, que com certeza seja, a peça musical mais linda que você sempre dirigiu com maestria.

Na bíblia, Jesus disse ao apóstolo Pedro, que ele deveria ir e edificar a Igreja...

E eu digo a você: Você edificou a esta cidade e a todos nós, e representou  e representará sempre o verdadeiro significado da palavra AMOR!

Amor naquilo que fazia...

Amor naquilo que deixou.

Como disse no ínicio, você era música em todos os tons e com certeza o Universo agora, estará mais equilibrado em uma bela sinfonia, cujo condutor da orquestra infinita será o Sr. PEDRO ALCÂNTARA, de forma que sempre estaremos do lado dessa platéia chamada TERRA para gritar: BRAVO!!!!

ATENÇÃO...SILÊNCIO!

O Show tem que continuar....

Aplausos eternos a você...maestro!

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus