Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

18/12/2020 09h03

Makers, seres fantásticos! Já se tornou um?

Não? Então venha fazer parte deste movimento, não fique de fora!

Compartilhe

Você já parou para pensar como tudo ao seu redor é feito? Como foi criado o aplicativo que você utiliza? Como é feito o alimento que você consome? Entender como as coisas funcionam, muda a forma como interagimos com elas.

Vivemos em um momento, passivo, quase tudo chega pronto em nossas mãos. Éramos uma sociedade de fazedores, precisávamos criar o necessário para sobrevivermos. Atualmente, em um mundo altamente tecnológico, uma parte da população detém o poder do conhecimento das novas tecnologias e criam o que vamos consumir.

Viramos uma nação de consumidores passivos. Muitas vezes, consumimos sem pensar. Estamos mal-acostumados a achar tudo pronto, tudo a um clique, desde um objeto, alimento até a informação. Ter as facilidades, tecnologias, ao nosso redor é bom, mas precisamos ser críticos e protagonistas das nossas vidas, cientes das nossas escolhas. 

Por que estou falando tudo isto?    

Felizmente, vêm ganhando força no Brasil e no mundo, um movimento chamado Movimento Maker. A palavra “maker” vem do inglês ”tomake” que significa fazer.

DaleDoughertypopularizou o termo do “Do it yourself" (faça você mesmo), através da criação da primeira revista sobre o movimento maker, chamada “Make”. Movimento dos fazedores, pessoas que colocam a mão na massa. Além disso, é criador da makefaire, feira mundial para difusão do movimento.

Bom, mas podem estar se perguntando: Antigamente não éramos uma nação de fazedores? Então, não é a mesma coisa? Sim, porém o que caracteriza o maker atual do inventor de antes é o mundo digital. Com o digital, podemos construir soluções, de forma mais rápida, chegando muito mais longe e juntos. De acordo com o jornalista Chris Anderson:

“Makers do passado trabalhavam sozinhos enquanto makers do presente trabalham juntos, em comunidades e online. Estamos vivendo a terceira revolução industrial, uma combinação entre mecânico e o digital. ”

Para mim, o movimento maker veio para fazer uma revolução, principalmente, no sentido de mudança de mentalidade. Quando você se torna um maker, busca entender como as coisas ao seu redor são feitas, assim, passa a ser protagonista e criar o futuro que quer viver.

Na educação, o maker vem ganhando adeptos. A geração atual é bem diferente das gerações de pouco mais de 10 anos atrás. Então, por que continuamos com a mesma metodologia nas escolas?

Estas crianças têm acesso a informação que não tínhamos antes, assim precisamos de mentores que ajudem o estudante a transformar informação em conhecimento aplicado e não apenas passe informação, pois esta está disponível a todos, a um clique. 

O conhecimento aplicado ao cotidiano do aluno, gera, nele, um maior interesse no conteúdo. Uma ideia, por exemplo, seria propor que os alunos criassem o próprio material digital. E quem não tem celular? Busca um amigo que tenha e pela colaboração, desenvolvem juntos. Isto gera entusiasmo e os empodera por estarem tirando algo do papel.

Como saber se eu sou um Maker ou mesmo se estou no caminho certo?

Bom, um maker nunca abre mão da originalidade, do poder da colaboração, da sustentabilidade, de ganhar escala e gastar pouco. Por fim, um maker não tem medo de errar. Ele coloca rápido a sua ideia em prática, mesmo não estando pronta, testa e faz as melhorias.

Já sonhou em montar um negócio? Esbarra nos custos?  Pergunto: Já ouviu falar de Makerspace? Fablabs? Coworking? São espaços de colaboração, promovem a conexão entre as pessoas e possuem ferramentas para serem utilizadas a um valor muito acessível. Independente da sua área de atuação, sempre vai ter um makerspace (espaço maker) para você. Gostaria de um espaço para trabalhar e não tem dinheiro para despesas fixas? Então, tem o coworking (espaço compartilhado) para você.

Nosso tempo aqui é curto, mas vou te dar duas dicas. Em João Monlevade tem coworking e em BH tem o Laboratório Aberto do Senai, por exemplo. Seja maker, tenha iniciativa e pesquise sobre este mundo maker.

Precisamos de pessoas, aliadas com o maker, dispostas a quebrar as crenças limitantes para fazer acontecer, realizar seus sonhos e mudar o mundo.  Seja criativo!

Então, como eu faço tudo isto? Isto já é assunto para um outro momento! Te vejo aqui na próxima semana?

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus