Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

05/12/2020 08h16

Vale vai dar manutenção emergencial em barragens de Ouro Preto na tentativa de evitar tragédia

Mineradora vai cumprir medidas técnicas para evitar tragédia na região central de Minas

Compartilhe
O juiz, em cooperação, da 1ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias do Estado, Elton Pupo Nogueira, autorizou que a mineradora Vale S.A. realize, imediatamente, planos de manutenção, inspeção e monitoramento das barragens Forquilhas I, II e IV do Complexo Mina da Fábrica, em Ouro Preto, na região central de Minas. A empresa fez o pedido judicial argumentando que a situação pode ficar crítica, com risco de efetivo rompimento, diante da proximidade do período chuvoso.
 
A Vale já havia realizado testes para corte e remoção do excesso de vegetação das barragens, manutenção de instrumentos e limpeza do sistema de drenagem das estruturas. No entanto, a auditoria técnica Rizzo International, que auxilia o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e o Ministério Público do Trabalho (MPT), negou-se a dar prosseguimento à autorização para a mineradora realizar o plano traçado e executar as medidas técnicas de prevenção.
 
Segundo o MPMG, além do perigo para as pessoas que seriam atingidas em caso de rompimento, também pode haver risco aos trabalhadores que atuam nas operações de manutenção da barragem. Para o juiz Elton Pupo, entretanto a autorização se justifica, dada a concordância do MPMG e da Agência Nacional de Mineração (ANM), que afirmaram, em antiga audiência na Justiça, que o plano apresentado pela Vale era adequado.
 
O magistrado tentou ainda, sem sucesso, cooperação com a Justiça do Trabalho, já que a ação judicial também se refere à segurança dos trabalhadores nas obras da barragem. Por último, ele determinou que a Vale comprove se houve diminuição do risco de rompimento das barragens que estavam em nível de emergência e fora dos níveis de estabilidade na Mina de Fábrica.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus