Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

20/11/2020 07h26

LIÇÕES DAS ELEIÇÕES

LIÇÕES DAS ELEIÇÕES

Compartilhe
LIÇÕES DAS ELEIÇÕES
 
Vamos listar algumas conclusões percebidas nas eleições 2020.
 
FIM DO CORONELISMO
 
Parece que o povo se cansou do estilo de governar autoritário, sem diálogo, de cima pra baixo, pela pressão, no chicote, todos debaixo dos cabrestos. Esse tipo de liderança é coisa do passado.
 
OS VILÕES PERDERAM
 
Pessoas com perfil autoritário perderam para os humildes ou moderados. O povo quer democracia e não absolutismo. Tem prefeito que quase privatiza a prefeitura. Governa como se tudo pertencesse a ele. Isso está acabando.
 
PESSOAS VOTAM EM
PESSOAS, NÃO EM PARTIDOS
 
O que muitos achavam que seria impossível de conciliar aconteceu de forma macia. Lados opostos, salvo pequenas omissões, tiveram convivência pacífica e misturaram verde, amarelo, vermelho, azul, branco, rosa e preto. Todos juntos por um objetivo comum. A democracia é linda e precisa ser preservada a todo custo. 
 
SÓ UMA MULHER ELEITA
 
Mesmo assim, ainda cabe recurso. Vanderlei Miranda deve ter ficado bem contrariado. O curioso é que muitas mulheres que se revoltaram com a ausência de representantes femininas na Câmara também se revoltaram quando souberam da absolvição da Andréia. Imagina-se que fique na oposição. Embora pode ser o contrário. Andréia da Saúde pode ser pró-saúde no governo do prefeito doutor. Já ouvimos falar que é uma pessoa que gosta de cuidar das pessoas. 
 
NUNCA HOUVE TANTOS
CANDIDATOS ARTISTAS 
 
Foi positivo ter a cultura na pauta das eleições. Eu não me lembro de uma eleição com tantos artistas ou pessoas ligadas à cultura candidatos. Vou citar alguns que me lembro: Lutécia, Luiz Ernesto, Livvia Bicalho, Simone Venâncio, Indio do Forró,  Christiano Cantor, Tangará, Daniel Sena, Ricardo Monlevade, Gladevon. O paradoxo é que nenhum foi eleito. Quais as reflexões a partir disso? Já ouvi político dizendo que cultura não enche barriga. E vemos que também não dá voto. 
 
O QUE DÁ VOTO?
 
Depois da eleição a gente observa os comentários de alguns candidatos nas redes. Alguns dizem o seguinte: para a próxima vou tentar trabalhar na área da saúde, pra poder dar alguns remédios e ajudar o povo. Isso é que dá voto. É algo duro de ouvir. O que fazer?
 
 
PERSPECTIVAS DA CIDADE
 
Na campanha, Dr Laércio apresentou um plano emergencial para os 120 primeiros dias. É um documento importante de diretrizes. Enquanto isso vai montando seu time. Ele e Fabrício tem uma característica em comum: são serenos e racionais. Farão uma bela parceria. Muitas coisas boas pela frente.
 
QUE VENHAM AS VACINAS
 
Pode ser russa, americana, inglesa, chinesa, israelense, até argentina. Vai ser atestada pela ANVISA, pela fundação Oswaldo Cruz, pelo Instituto Butantã, pelo OMS, pelo presidente e pelo papa. Precisamos que esse pesadelo chegue ao fim. Xô COVID! Precisamos retornar às nossas vidas normais. Quero assistir um show ao vivo do Indio do Forró, do Bonapart, de João Roberto e Ronivaldo, de Isa Lelis, Minnie, Concreto, Ricardo Monlevade, Thiago Henrique, Umbigo, Dizarm, Banda Derock, Mobie Dickie, Necrópole, Infocus, Livvia Bicalho, Rômulo Rás, Dandara, Simone e Pedro Venâncio, Agá, Impalla, Aggeu, Tupete, Família Alcântara, congados, bandas de música, corais, festas populares, carnavais, cavalgadas, bailes funk, shows de rock. Que venham as vacinas.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus