Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

04/09/2020 09h49

85 anos de progresso, trabalho e fomento ao desenvolvimento de João Monlevade

85 anos de progresso, trabalho e fomento ao desenvolvimento de João Monlevade

Compartilhe
A ArcelorMittal Monlevade completou 85 anos de existência na última segunda-feira, dia 31 de agosto, e possui, nessas mais de oito décadas, uma sólida história de progresso, trabalho e fomento ao desenvolvimento do município de João Monlevade, que é exemplo para todo o país.
Contar essa história de sucesso é fácil e prazeroso, já que são 85 anos de crescimento, superação de desafios e de muito trabalho, que ajudaram a transformar uma vila operária, uma das primeiras da América Latina, em um município que, hoje, é polo regional e ícone mundial no setor siderúrgico. É a bela trajetória da pequena forjaria que se tornou uma das maiores siderúrgicas do planeta e é orgulho para todos os monlevadenses.
Há muito é impossível não associar a história de João Monlevade com a da antiga e lendária Companhia Siderúrgica Belgo Mineira, nascida na década de 1930 e construída por homens corajosos, sonhadores e empreendedores, como o luxemburguês Louis Ensch e o belga Gaston Barbanson, engenheiros que transformaram uma modesta forjaria em uma potência mundial que exporta aço de qualidade para todo o planeta. 
Celebrar os 85 anos da ArcelorMittal se equipara a comemorar o aniversário da própria cidade, tal qual a importância da empresa para o desenvolvimento do município e da região do Médio Piracicaba.
 
Orgulho
 
Nesses 85 anos de história, muitos ex-empregados da empresa falam com orgulho de ter feito parte dessa história e da siderúrgica ter sido fundamental na construção de seus ideais, formação de suas famílias e na realização de seus sonhos. 
Quem fala com orgulho dos seus tempos da então Companhia Siderúrgica Belgo Mineira é o aposentado Geraldo Lima, de 71 anos, que trabalhou no Alto Forno da Usina de João Monlevade durante quase 25 anos. O morador do bairro República lembra com orgulho dos seus tempos de Usina e se diz realizado por ter feito parte de uma história de sucesso e respeito. “É muito bom olhar para trás e ver que fiz parte dessa história e que dei minha contribuição para que a empresa fosse a potência que é hoje. Constituí família, consegui realizar meus sonhos e me sinto feliz por isso. Sem dúvida, a Belgo Mineira, hoje Arcelor, fez e ainda faz parte da minha vida”, afirma emocionado.
Outro aposentado que lembra com lágrimas nos olhos dos seus tempos de Usina é o contemporâneo de Geraldo na empresa, Vicente Silva, de 81 anos. Vicente, que se aposentou no início dos anos 90, lembra que o sonho de todo jovem de sua idade na década de 1960 era entrar na então Belgo Mineira. “Sejam os jovens daqui ou de várias outras cidades, todos queriam entrar na Belgo. Tudo que tenho e vou deixar para meus filhos eu devo à empresa, que me deu a oportunidade de trabalho e de crescimento. Crescer e produzir com qualidade sempre foi o objetivo da empresa, por isso é a potência de hoje”, destaca.
 
Tempos difíceis
 
Mesmo em um cenário de incertezas sobre o futuro e, mais precisamente, com dúvidas e oscilações em relação à economia mundial, devido à pandemia do novo coronavírus, o Covid-19, que afeta todo o planeta, a ArcelorMittal continuou firme em seu propósito de produzir um aço de qualidade e de se manter entre as maiores siderúrgicas do planeta.
Dos tempos difíceis, a empresa fez mais um desafio a enfrentar e não se abateu. Fez as rigorosas adequações estabelecidas pelas autoridades de saúde e sanitárias e monitora com rigor a rotina dentro e suas dependências, a fim de preservar a saúde de seus funcionários. 
As crises frequentes no mercado do aço, as fases de instabilidade econômica nacional e mundial e a concorrência internacional não abalaram a siderúrgica, que mantém um patamar de crescimento e aumento de produtividade. 
 
Responsabilidade Social
 
Atualmente, além de diversos projetos sociais desenvolvidos em prol de João Monlevade e dos municípios vizinhos, a ArcelorMittal produz o aço de maior qualidade do planeta, o que credenciou a cidade a receber a alcunha de “Capital Mundial do Fio-Máquina”.
Entre os projetos sociais realizados pela siderúrgica em João Monlevade e região estão o Cidadãos do Amanhã, Ver é Viver, Acordes, Programa de Educação Afetivo-Sexual (PEAS), Cidadania Digital, Programa Ensino de Qualidade (PEQ), Prêmio ArcelorMittal de Meio Ambiente, Diversão em Cena, Circuito Cultural, Pró-Voluntário, Programa Esporte Cidadão e muitos outros.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus