Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

04/05/2020 12h35

Sem logística: Caixa abre as agências duas horas mais cedo para reduzir filas, mas não funciona

Sem logística: Caixa abre as agências duas horas mais cedo para reduzir filas, mas não funciona

Compartilhe
A Caixa Econômica Federal abre suas agências duas horas mais cedo a partir desta segunda-feira, 4, e terá pelo menos 1.200 filiais em funcionamento no próximo sábado (dia 9), para reduzir filas e aglomerações, tornando mais ágil o saque do auxílio emergencial de R$ 600.
Num esforço para reduzir as filas, o banco está empregando mais de 2.800 vigilantes adicionais, além de 389 recepcionistas para reforçar orientação e atendimento ao público.
Na última sexta-feira, o presidente do banco, Pedro Guimarães, admitiu que é "impossível acabar com as filas", mas que estava tomando medidas para reduzi-las. Já no sábado, ele afirmou que o pagamento feito nas agências da Caixa que abriram naquele dia foi “um sucesso”, com volume seis vezes superior ao realizado na terça-feira anterior, quando houve problemas.
Ele explicou que ainda as filas formadas acabaram em poucas horas graças a melhorias feitas na tecnologia utilizada pelo banco.
Entretanto, o que foi registrado na manhã dessa segunda-feira, foram grandes filas virando quarteirões nas agências.
João Monlevade
Em João Monlevade, mesmo sob orientação dos funcionários da Caixa e ainda sob controle de fiscais, uma enorme fila foi formada e, tão logo os fiscais saiam, as pessoas aos poucos iam se aproximando uma das outras.
“A própria população atrapalha o funcionamento. Já cansamos de dizer, de informar, que por segurança o ideal é ficar no mínimo um metro e meio de distância de outros, mas eles aos poucos vão se achegando”, informou um monitor.
Risco
A aglomeração se dá diante a necessidade das pessoas recorrerem ao auxílio emergencial, entretanto, o fato aumenta o risco de uma proliferação do Covid19, caso haja algum contaminando no meio das filas formadas.
A falta de teste é um complicador, fazendo que a população viva literalmente do escuro.
Caixa Tem
O presidente do banco afirmou ainda que o Caixa Tem, aplicativo que permite às pessoas que receberam o crédito do auxílio em conta poupança digital movimentar o dinheiro, está funcionando corretamente dentro das agências. Com a geração do QR Code, de validação, dentro das unidades do banco, explicou ele, foi possível agiliar os pagamentos no sábado. Nas últimas semanas, o aplicativo apresentou problemas.
Ele também afirmou que o banco vai organizar um novo calendário de pagamentos para que beneficiários do Bolsa-Família e clientes com contas digitais que recebem o auxílio sejam atendidos em períodos diferentes, para evitar aglomerações e demora excessiva.
A tendência, continua ele, é que a partir desta semana haja menos filas e problemas nos pagamentos. Ele ponderou, no entanto, que, como a primeira semana do mês concentra pagamentos de salários e outros benefícios, as agências deverão receber um fluxo maior de pessoas que não vão sacar o auxílio emergencial.
Ao todo, haverá entre 1.200 e 1.400 agências abertas no próximo sábado. A lista de quais serão estas unidades será divulgada nesta quarta-feira, 6.
Canais Digitais
Segundo o banco, a prioridade ainda é manter o atendimento digital, por meio do cadastramento por aplicativo ou site e a movimentação do benefício pelo Caixa Tem. Aqueles que receberam o crédito por meio da poupança social digital da Caixa podem pagar boletos e contas de água, luz e telefone, entre outras, bem como fazer transferências para outros bancos por meio do aplicativo.
Os beneficiários do auxílio emergencial que receberam o crédito em poupança da Caixa podem movimentar o valor digitalmente pelo internet banking ou mesmo utilizando o cartão de débito em suas compras.
Os beneficiários do Bolsa Família elegíveis para o auxílio recebem o crédito no mesmo calendário e na mesma forma do benefício regular, por meio do cartão Bolsa Família nos canais de autoatendimento, lotéricas e correspondentes Caixa Aqui; ou por crédito na conta Caixa Fácil.
Para quem busca informações sobre o cadastro, os canais são o site auxilio.caixa.gov.br, o aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial e a central telefônica exclusiva 111 (apenas para informações).

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus