Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

08/11/2019 08h40

Após reportagem do Bom Dia, vítima de obesidade mórbida recebe atendimento psicológico e nutricional gratuito

Após reportagem do Bom Dia, vítima de obesidade mórbida recebe atendimento psicológico e nutricional gratuito

Compartilhe
Joâo Monlevade - A luta da monlevadense Sirlânia Cristina Pinto, de 43 anos, vítima de obesidade mórbida, retratada nas páginas do jornal Bom Dia dias atrás, ganhou grande repercussão e sensibilizou diversas pessoas em João Monlevade e região. E entre aqueles que se tocaram com a batalha de Sirlânia pela vida está Mônica Cândida Mello, psicóloga com especialização em Terapia Cognitiva Comportamental e pós-graduação em transtornos alimentares. 
Em contato com a redação do jornal nessa semana, Mônica se ofereceu para realizar o tratamento e acompanhamento de Sirlânia de forma gratuita, a partir do mês de dezembro. “Ficamos sensibilizados com a história da Sirlânia. Caso ela ainda não tenha o acompanhamento psicológico, poderei atendê-la em um espaço holístico, com direcionamento de atenção aos transtornos alimentares, sem qualquer custo para ela. É importante ressaltar que ela precisa, antes de tudo, querer esse atendimento e apoio”, afirmou Mônica, que após sua aposentadoria na Caixa Econômica Federal, onde era gerente, retorno sua atenção e rotina para sua área de formação, que é a Psicologia. Suas especialidades foram realizadas em São Paulo. 
Ao saber da notícia, na manhã da última terça-feira, 5, Sirlânia agradeceu muito e afirmou ter se sentido amparada. “Que ótimo. Muito bom. Fico muito feliz. Aceito a ajuda, claro. Deus abençoe a Mônica e a todos que estão me ajudando. Sou muito grata a todos”, disse. 
Atualmente, Sirlânia pesa 165 kg e sofre com a grande debilidade provocada pela obesidade mórbida, que a priva de várias atividades do dia a dia, já que mal consegue se locomover. Ela também trava uma luta de mais de dez anos para conseguir realizar uma cirurgia bariátrica pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sem sucesso. O custo de um procedimento médico realizado de forma particular é de cerca de R$26 mil, valor inviável para a monlevadense. Uma campanha está sendo feita pela internet para que Sirlânia possa realizar o procedimento. 
De acordo com as informações de amigos de Sirlânia, o primeiro atendimento psicológico já foi realizado nessa semana, assim como a consulta ao nutricionista.
 
Campanha 
 
Amigos de Sirlaine se prontificaram a ajudá-la e, entre eles, está Mariléia Miranda, locutora da rádio Comunicativa, que junto ao parceiro e jornalista Chico Franco, deu o início no auxílio à Sirlaine através do programa Espaço Livre, da emissora. Mariléia, inclusive, criou uma “vaquinha virtual” através das redes sociais da internet e disponibilizou uma conta bancária para que as pessoas possam ajudar com doações. Toda ajuda é bem vinda, não importa o valor, seja R$1,00 ou R$100,00”, salienta.
Os dados da conta bancária para quem quiser ajudar Sirlaine são: Banco do Brasil, Agência 2220-9, conta corrente 38.627-8, em nome de Mariléia Miranda.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus