Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

01/10/2019 14h37

"Calçada Linda" e "Pomar Urbano" duas ações que merecem compartilhamento

"Calçada Linda" e "Pomar Urbano" duas ações que merecem compartilhamento

Compartilhe
Ipatinga – Apesar dos incêndios que vem destruindo o que de pouco resta das florestas e também do pouco verde em alguns cinturões no entorno das cidades, alguns municípios podem sim comemorar e se orgulhar de estarem contribuindo para as gerações futuras – “afinal amamos ou não nossos filhos e netos”, comenta durante o protesto da última sexta-feira um apoiador do movimento mundial Friday For Future.
Um das cidades que vem dando exemplo na gestão ambiental, com ações simples, práticas, baratas e eficazes é Ipatinga.
Entre essas ações destacam-se os projetos “Calçada Linda” e “Pomar Urbano”.
 
Calçada linda
 
Segundo informa a comunicação da prefeitura a cidade festeja os resultados positivos do projeto iniciado há um ano pela Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), juntamente com a empresa Infrater, que presta serviços de conservação de áreas verdes no município. 
Desde o início do projeto, já foram plantadas 1.334 mudas de árvores escolhidas em um vasto catálogo de espécies adequadas para comporem espaços urbanos. Deste total, 258 mudas foram solicitadas por moradores que aderiram ao projeto.
 
Metodologia
A execução do “Calçada Linda” conta inicialmente com uma abordagem de técnicos da área de biologia junto aos moradores. O objetivo é a recomposição dos passeios da cidade com o plantio de árvores de pequeno porte (que podem atingir até 3 metros de altura). As plantas não causam interferência aos equipamentos públicos, como rede elétrica e de esgoto, sem prejudicar a acessibilidade e a iluminação pública, além de possuírem ainda função decorativa nas vias públicas.
Após um ano, o projeto pode ser visto em calçadas por todas as regiões da cidade, totalizando 25 bairros.
 
Adesão
 
Há duas formas de adesão ao projeto. Uma delas se dá no momento de abordagem ao morador. Por meio de visitas às residências, biólogos e jardineiros interagem com a comunidade, apresentam o projeto e as espécies mais apropriadas para cada lugar. Após a aceitação do projeto pelo morador, é preenchido um formulário de autorização e em seguida realizada a marcação do plantio.
“Outra forma de adesão é fazer contato com o Departamento de Meio Ambiente, para que as equipes visitem o endereço, mostrem o catálogo com as espécies apropriadas para o local, para que o morador possa escolher. 
Pomar Urbano 
 
A partir de demandas apresentadas também pela população, é promovida a recuperação ambiental e paisagística em pontos de despejo irregular de lixo, transformados em espaços verdes e de produção de alimentos.
Segundo informações da prefeitura, o projeto foi muito bem recebido pela comunidade, também não era pra menos, já que onde era um matagal e local de depósito irregular de lixo se transformou em um espaço belo e melhor, produtor de frutas.
De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), em um ano foram revitalizadas 11 áreas, com o plantio de 485 mudas. Os locais, comumente utilizados para o descarte irregular de lixo e entulho, foram transformados em verdadeiros pomares urbanos.
Entre as frutíferas foram plantados pés de goiaba, acerola, pitanga, romã, amora, laranja, laranja-campista, limão-taiti, laranja-Bahia, tangerina-ponkan, laranja-serra-d’água e jambo. 
“É importante ressaltar que se tratam de áreas públicas, que estavam sendo mal utilizadas e estão bem próximas da população”, salienta a Sesuma.
 
Meta
 
Segundo a Administração municipal, a meta estipulada para o plantio de árvores frutíferas foi alcançada no período de um ano. Para 2020, o objetivo da atual gestão é duplicar a quantidade de mudas plantadas, multiplicando os pomares. Para isso, o Departamento de Meio Ambiente já mapeia os terrenos baldios que estão em mau uso no município e identifica as variedades frutíferas adequadas para cada um deles.
“Logo que a área é identificada, segue-se a limpeza, preparação do solo, plantio das mudas e manutenção. A Secretaria pretende chegar até o fim do ano que vem com quase mil novas mudas plantadas, mas para isso é importante que a população seja parceira no projeto, ajudando a cuidar das árvores, não jogando lixo ou entulho e denunciando aqueles que agem de forma criminosa”, orienta o Departamento de Meio Ambiente.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus