Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

14/04/2019 18h28

Mineração nas encostas do Caraça é barrada

Prefeitura continuará cobrando, entretanto, a recuperação da área pelas empresas responsáveis pelo passivo ambiental

Compartilhe

Apesar da insistência da empresa Atlântica Minas Empreendimentos e Participações Ltda em minerar na região da Santa, a prefeitura deixou claro que não permitirá a exploração naquela local.

A área em questão abriga os principais pontos de captação de água para abastecimento da cidade e possuem duas das mais importantes e visitadas cachoeiras da cidade – da Santa e Maquiné.

A prefeitura vai mais além e exige a recuperação do espaço, que conta com um enorme passivo ambiental.

A recuperação, conforme o Ministério Público seria de responsabilidade da Setovi Mineração S/A, que deverá cuidar e corrigir os danos causados ao meio ambiente na região da cachoeira da Santa.

A área em questão a ser recuperada tem 25,3 há e pertenceria à empresa acionada pelo MP.

 “O Poder Executivo de Catas Altas vai manter a sua posição contra o empreendimento minerário, exigindo a recuperação ambiental da área”, reforça o prefeito José Alves Parreira.

Manifestações

Um grupo de moradores promoveram recentemente várias manifestações contra a mineração na região em questão, chegando a participar de uma reunião na Câmara Municipal portando cartazes com frases de efeito criticando a empresa e a intenção de minerar a serra em frente a cidade.

O vice-prefeito engrossa o coro dos que são contra qualquer interferência na região que não seja para recuperar o espaço.

Fernando Guimarães foi um dos que, em 2010, quando vereador, puxou a fila para transformar a vista de toda serra em Imagem Oficial do Município.

Taxativo, o vice-prefeito disse ser a favor da mineração, que foi motivo da fundação do município, mas existem situações que em que ser respeitadas, como no caso o local que as empresas pleiteiam: “Mais do que minério, precisamos de água, não podemos ser irresponsáveis a esse ponto – trocar o futuro hídrico da cidade por algum ganho momentâneo. Minerar sim , mas ali não”, conclui Fernando.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus