Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

23/03/2019 11h24

O longo e impactante caminho da lama de Gongo Soco

Bacia do Piracicaba seria praticamente toda contaminada, chegando ao Rio Doce mais uma vez

Compartilhe

Devastador e impactante - esses são dois termos encontrados para definir os efeitos causados pelo possível rompimento da Barragem Superior Sul da Mina de Gongo Soco em Barão de Cocais.

Caso aconteça mais essa tragédia, a lama, juntamente com os destroços que ela vai criando ao longo de sua descida, vai para o rio São João que por sua vez, após atravessar Barão de Cocais, segue até Barra Feliz onde esse rio se encontra com o rio Conceição, formando aí o rio Santa Bárbara.

Um recuo da lama poderia atingir o distrito de Brumal.

Passando por Barra Feliz a lama continua descendo, agora pelo rio Santa Bárbara, atingindo parte da cidade homônima até atingir a represa de Peti - que deverá segurar parte desse rejeito.

A contaminação continua até atingir a cidade de São Gonçalo do Rio Abaixo, onde a PCH da cidade poderá reter também um pouco desse material.

Continuando seu caminho de destruição a lama chegaria a cidade de João Monlevade - que retira cerca de 80% de seu abastecimento d´água do Santa Bárbara.

Em seguida, na comunidade rural de Capela Branca o Santa Bárbara se encontra com o Piracicaba, contaminando as suas já poluidas águas, seguindo então para Nova Era.

A sequência então é Antônio Dias, Timóteo, Coronel Fabriciano e Ipatinga.

Em Ipatinga o Piracicaba desagua no Rio Doce - levando mais uma vez rejeitos até esse moribundo rio, que levará mais morte ao mar.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus