Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

04/01/2019 10h34

Romeu Zema propõe austeridade, união e um "Pacto por Minas"

Romeu Zema propõe austeridade, união e um "Pacto por Minas"

Compartilhe

Belo Horizonte -O governador Romeu Zema e o vice-governador Paulo Brant tomaram posse na terça-feira (1/1/19), em cerimônia realizada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Em seu primeiro discurso oficial como chefe do Executivo do Estado, Zema destacou que a prioridade da atual gestão será a austeridade.

Diante do grave quadro de crise financeira, ele convocou todos os mineiros a firmar um “Pacto por Minas” para que seja possível, com um modelo de gestão diferente e mais eficiente, atender às demandas da sociedade, regularizar repasses aos municípios e garantir os direitos dos servidores.

“Estamos em um ponto de virada, em que Minas e os mineiros carecem de respeito e responsabilidade. E será respeitando as leis, a liberdade, os recursos públicos e as pessoas que nosso Estado poderá ser novamente respeitado. Precisaremos de paciência, persistência e, principalmente, união. União em torno de um mesmo projeto. União de todas as forças, poderes e pessoas pelo futuro de nós, mineiros. Este deve ser o ideal que nos unirá nos próximos anos”, afirmou.

“Deixo aqui o convite de assinarmos, juntos, um acordo tácito pelo bem de Minas Gerais, pelo espírito público que nos une, pela forma republicana de se fazer política. Um “Pacto por Minas Gerais”, com a união de todos os Poderes: Legislativo, Judiciário, Ministério Público, Executivo, imprensa, federações, entidades representativas de classes e da sociedade mineira”, enfatizou.

O governador disse, ainda, que será preciso um esforço conjunto, independentemente de ideologias, para superar os desafios. “O espírito público deve ser exaltado. É esse espírito, independentemente de partido ou posição ideológica, que deve guiar os representantes do povo mineiro. É esse espírito público, da coletividade, que nos trouxe até aqui. E é com ele que os mineiros contam para sairmos do grave momento de crise que vivenciamos”, afirmou Romeu Zema, lembrando que foi com esse sentimento que deixou a direção do Grupo Zema para aceitar o desafio de gerir o Estado.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus