Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

01/11/2018 14h42

Nem enterro unirá mais essa família

As feridas abertas da família nas eleições 2018

Compartilhe

Com essa frase tio Nelson resumiu o clima que reinava em casa e no Whatsapp. Pessoas que saíram do grupo da família, deixavam de ser os parentes queridos e eram reduzidos a vagabundos com bandido de estimação.

Tia Fatinha, tão amada pelos sobrinhos, conhecida por fazer um delicioso estrogonofe de camarão, agora era chamada de tia Fascistinha.

A depender de qual lado ideológico vinha a ofensa, as sobrinhas e primas eram divididas entre vadias ou ignorantes manipuladas pela igreja. Tio Dudu, sempre visto como homem exemplar e representante dos bons costumes, foi chamado de maconheiro ao divulgar apoio a um dos candidatos. Logo ele, que nem bebia nem fumava.

As provocações bloqueavam a consciência. Cada um estava em sua trincheira sob o escudo partidário. Ninguém pinçou na memória as lembranças das festas de aniversário, formaturas, nascimentos dos mais novos, dos churrascos aos domingos, de alugarem uma casa na ilha para o réveillon, de terem que dormir em colchonetes devido a lotação da casa em dias de festa, das conversas até tarde, das fugas à noite para pegar mais um pedaço de bolo do casamento da prima ou namorar o vizinho, das gargalhadas ao se verem em fotos antigas e constatarem as mudanças que o tempo trazia aos corpos.

As eleições varreram as lembranças de família para baixo da urna.

A desavença abalou a matriarca. Vó Clotinha, em atitude apaziguadora, mandou avisar pelas mídias sociais e de boca em boca, que antes do segundo turno do pleito, todos iriam almoçar juntos para curar as feridas e promover a paz. Temeu que a ruptura dos laços parentais, fosse irremediável após a decisão final das eleições.

A senhora, mediadora do conflito, preparou tudo. Seu tempo à frente daquela família ainda lhe dava certa autoridade e não era uma eleição que iria destituí-la do seu posto de líder. Fez ligações, delegou tarefas, preparou a casa e espalhou fotos da família nas paredes, estante e prateleiras.

Restava saber se todos aceitariam passar a tarde juntos, de forma pacífica compartilhando uma refeição. Pensando nisso, mandou o neto imprimir em letras maiúsculas a frase: “Deixe as eleições fora da mesa.” Clotinha havia pensado em tudo, até na disposição das cadeiras e quem as ocuparia.

Manhã de domingo. Conversas sobre votos e debates estavam proibidas. Casa com cortina nova, flores frescas enfeitando jarros, tapetes limpos e o cheiro da feijoada preenchendo a sala e os corações. Cozinhar é oferecer afeto.

Com a proibição, ninguém poderia falar de seus candidatos. Os responsáveis por salvar a reunião já estavam devidamente arrumados em cima de uma bela toalha de crochê: aipim e torresmos fritos, arroz, salada vinagrete, farofa, molho lambão, banana da terra a milanesa, couve refogada com alho e cebola, laranja em fatias e a famosa feijoada da tia Sônia.

Primo Toni ia fazer caipirinhas, batidas e colocar a cerveja para gelar. Tia Lourdes, com seu suco de graviola, ia controlar a ingestão de álcool pelo povo, para a bebida não destravar as línguas.

Mudos, cada um sentou em seu lugar. Alguém quebrou o silêncio ao elogiar o cheiro da comida. Ainda sentindo o peso dos insultos e da falta de diálogo, muitos permaneceram calados. Clóvis quis orar em agradecimento pela refeição e para acabar com os resquícios de hostilidade, ninguém se opôs.

Terminada a oração, começaram a fazer os pratos. “Tudo delicioso!” — disse um, “essa salada com pimentão vermelho esta ótima, de todos os pimentões, o vermelho é o melhor!”

Essa foi a frase que decretou o cancelamento do armistício. Joca sentiu que na verdade, aquilo era uma alfinetada.

Ânimos exaltados. Vó Clotinha tentando acalmar. Caipirinhas derramadas. Uma prima tirou os objetos cortantes da mesa, com medo da insensatez das pessoas.

Crianças chorando, feijões amassados no tapete da sala. Gritos e portas batidas. Vó Clotinha, chorosa, só conseguiu murmurar: “é que os pimentões estavam em promoção”.

Fabíola in NEW ORDER

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus