Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

03/10/2018 18h18

Educação Patrimonial mobiliza cidade

Trabalho contribui para preservação do patrimônio da cidade e ainda gera receita para o município

Compartilhe

O trabalho de Educação Patrimonial “Garimpando Nosso Patrimônio” é uma ação, que vem desde 1999, sendo desenvolvida pelo Departamento de Cultura, e que realmente surte efeito.

Além de ser uma obrigação, o trabalho ainda mantêm a cidade produzindo ICMS Cultural, gerando receita ao município, sem contar que através da educação patrimonial os cidadãos passam a valorizar o patrimônio da cidade e a ajudar a preservar todo o acervo – acervo esse que tem chamado a atenção das produtoras de televisão diante o rico cenário que o local apresenta.

Neste ano, o departamento esta trabalhando a todo vapor, não só para cumprir a Deliberação Normativa do IEPHA/MG, mas também a meta estipulada, que é continuar um trabalho que tem por objetivo conscientizar, ensinar, fazer gostar, amar e ajudar a preservar o Patrimônio Cultural de Catas Altas, informou Eder Ayres Siqueira, chefe do departamento de cultura da cidade.

Estão acontecendo palestras e rodas de conversa em salas de aula, visitas a bens culturais como ao Solar dos Emery - Centro Cultural Tenente-coronel João Emery; ao Solar João Vieira da Silva – Sede da Prefeitura de Catas Altas; ao Mundéu, do Morro D’Água Quente; à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, ao Museu do Caraça entre outros, sendo todas visitas monitoradas pelo Chefe de Departamento de Cultura.

Cartilhas -Para todos os professores e alunos da rede pública, a partir do 1.º ano até o 8.º ano, foram distribuídas cartilhas intituladas Patrimônio Cultural.

As cartilhas elaboradas pelo Departamento de Cultura trazem informações básicas sobre o que é Cultura, o que é Patrimônio Cultural e sua importância, destacando os patrimônios materiais móveis e imóveis, os imateriais, e os bens registrados, trazendo ainda algumas curiosidades sobre o município, e ainda alguns conselhos do ‘Caracinha’, que é a mascote do Patrimônio Cultural de Catas Altas:

Educação infantil - Para os alunos da educação infantil foram distribuídas cartilhas com parlendas e trava-línguas de autoria de Eder Ayres Siqueira, tanto para os alunos, quanto para professores, para facilitar o trabalho com as crianças, pois são parlendas e trava-línguas simples e voltadas para todo o patrimônio.

Como as parlendas são usadas no âmbito escolar, para ensinar diferentes temas para as crianças, elas foram criadas para se trabalhar melhor o patrimônio cultural e natural catas-altense, de forma a agradar as crianças, cativando-as, incentivando-as, de forma pedagógica.

Restauração -Outro trabalho que já está sendo realizado é o de Educação Patrimonial concernente a restauração, aproveitando o trabalho de restauro dos Elementos Artísticos Móveis da Capela de Santa Quitéria, que está sendo realizada no consistório da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, com visitação aberta ao público, e onde os alunos das escolas do município participam, sob a coordenação do Chefe de Departamento de Cultura, para uma explanação da importância de se restaurar os bens móveis em questão, e na oportunidade eles têm uma explicação detalhada de como se faz, e porque se faz uma restauração, pelo conservador/restaurador Roberto Cláudio Miranda.

Terra de Minas - No dia 23 de agosto uma turma de alunos da Escola Municipal Agnes Pereira Machado, com palestra de Eder Ayres Siqueira, participaram de uma gravação, na Igreja Matriz, para o programa ‘Terra de Minas’ da Rede Globo de Televisão. A matéria foi direcionada ao trabalho de Educação Patrimonial que está completando este ano, 19 anos. A palestra enfocou a história da Igreja Matriz, e aproveitando o ensejo, também os alunos visitaram o ateliê de restauração com uma explanação do restaurador/conservador Roberto Cláudio Miranda.

O programa ainda não tem data definida para ir ao ar.

 

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus