Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

16/03/2018 08h22

Câmara de Monlevade lança projeto Parlamento Jovem Minas com realização de seminário

Câmara de Monlevade lança projeto Parlamento Jovem Minas com realização de seminário

Compartilhe

João Monlevade -A Câmara Municipal de João Monlevade realizou na última quinta-feira, 8, o lançamento do projeto Parlamento Jovem Minas 2018. O evento foi uma das atividades do Legislativo monlevadense alusivas ao Dia Internacional da Mulher.

Durante o lançamento do projeto, que este ano traz como tema “Violência contra a Mulher”, foi realizado o 10º Seminário Maria da Penha da Mulher Monlevadense, tendo o tema sido abordado pela delegada de Mulheres, Camila Batista Alves. O evento contou com a presença do presidente da Casa, Djalma Bastos (PSD); dos vereadores Leles Pontes (PRB), Belmar Diniz, Gentil Bicalho (ambos do PT), Vanderlei Miranda (PR) e Thiago Titó (PDT). Também estiveram presentes representantes de entidades, alunos que já participaram de outras edições do Parlamento Jovem e a secretária municipal de Meio Ambiente, Fernanda Ávila.

Em sua fala, a delegada afirmou que a violência contra a mulher ainda é um dos crimes mais cometidos na atualidade. Contudo, muitos casos não chegam ao conhecimento das autoridades porque não há denúncia contra os autores. “O medo de denunciar o agressor ainda toma conta de muitas mulheres. Muitas vezes, a mulher é dependente financeira do agressor e caso ela o denuncie, não terá como se sustentar sozinha. Por isso, ela prefere manter a relação mesmo sendo violentada constantemente”, explicou.

Quanto aos tipos de violência, a delegada Camila apontou os três: violência física, psicológica e sexual. Segundo ela, a violência psicológica, muitas vezes, é deixada de lado por, aparentemente, não deixar marcas externas na vítima. “A mulher que é vítima de violência psicológica é que mais sofre com a agressão. Isso porque ela é humilhada diariamente pelo agressor que, na maioria das vezes, é o próprio companheiro. Todo esse constrangimento pelo qual ela passa provoca danos irreversíveis à saúde mental dessa mulher”, salientou.

Ao fim de sua fala, a delegada de mulheres fez uma observação a respeito da importância de denunciar o agressor. “Infelizmente, muitos agressores não são penalizados porque não são denunciados. Por isso, é muito importante denunciar. Ninguém merece viver sob ameaça ou sendo violentada todos os dias. Denuncie, pois só assim vamos conseguir tomar as devidas providências. É para resguardar a mulher que temos hoje a Lei Maria da Penha”, concluiu.

Parlamento Jovem

Após o seminário, foi realizado o lançamento do Parlamento Jovem Minas. O projeto, de iniciativa da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, por meio da Escola do Legislativo, tem a participação da Câmara de João Monlevade pela quinta vez consecutiva. Este ano, Monlevade é sede do Polo Metropolitano 2, do qual faz parte outros cinco municípios: São Gonçalo do Rio Abaixo, Itabira, Conceição do Mato Dentro, Catas Altas e Sabinópolis.

Em Monlevade, as coordenadoras do Parlamento Jovem são as servidoras Mércia Ferreira Pires, Evanir Mercês Gonçalves e Giulia Stefani de Paula Leite. O presidente Djalma Bastos destacou a importância do projeto para a formação social dos jovens. “O Parlamento Jovem já nos mostrou o quanto o mesmo é importante para a formação de jovens de bem, comprometidos com a sociedade e com o próximo. Por isso, a Câmara Municipal tem essa iniciativa como uma das mais principais nos últimos anos. É formando jovens conscientes que vamos atingir bons resultados”, ressaltou.

Ao fim do evento, o estudante Samuel Henrique do Carmo Miranda, da Escola Estadual Luiz Prisco de Braga, falou sobre sua experiência na edição do Parlamento Jovem do ano passado. Samuel foi um dos alunos escolhidos para defender as propostas apresentadas por Monlevade na etapa estadual do projeto, na Assembleia. Na oportunidade, três delas ficaram entre as escolhidas para integrar o relatório enviado à Comissão de Participação Popular da Casa Legislativa.

Em janeiro passado, Samuel se reuniu com o governador Fernando Pimentel (PT) e entregou a ele todas as propostas aprovadas na plenária estadual do Parlamento Jovem. “Solicitei ao governador que desse atenção especial às nossas propostas, principalmente às de Monlevade. Meu desejo é que nossas ideias possam sair do papel e vir a se tornar leis. Fui muito bem recebido pelo governador e ele me garantiu que vai verificar cada proposta com a devida atenção. E eu vou acompanhar de perto o que será feito de cada uma delas”, afirmou Samuel.

Fotos: Maria Tereza Bicalho/Acom CMJM

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus