Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

02/11/2017 09h06

Projeto Interdisciplinar Nascentes: recuperando olhos d´água

PENSAR GLOBAL E AGIR LOCAL - EXPERIÊNCIAS POSITIVAS

Compartilhe

O Cesec - Centro Estadual de Educação Continuada “Martinha de Oliveira Araújo”, de Rio Piracicaba, vem cumprindo fielmente seu papel de educação atitudinal, sempre aberto a novas ideias, decisões, habilidades ou comportamentos.

Foi através desse conceito que a aluna Fátima Santos, diante a crise hídrica que assola não só a cidade onde reside – Rio Piracicaba, mas também a região, o estado e o país, resolveu colocar em prática uma ideia de contribuir para a recuperação de nascentes já que a cidade possui grande área territorial e rural.

Segundo ela o start para o tema foi o fato de descobrir que muitos colegas nem sequer conheciam uma nascente de água.

Com o apoio da diretora Maria Terezinha de Lima, sempre atenta aos comportamentos e habilidades dos alunos, o que era um pensamento foi logo tomando forma ainda em 2016.

O Cesec abraçou a ideia e com o envolvimento direto de alunos, dos professores e assumindo a coordenação o pedagogo orientador Luciano Melo, o que era uma semente germinou e se transformou no “Projeto Interdisciplinar Nascentes”.

Utilizando de método cientifico os alunos pesquisaram projetos, estudaram sobre o tema proposto e colocaram a mão na massa.

De acordo com a idealizadora Fátima e a diretora Maria Terezinha, o mais difícil foi convencer os proprietários da necessidade de proteger as nascentes seguindo um modelo técnico comprovado.

Com a participação de aproximadamente 50 pessoas, que ainda atuam no projeto, foram selecionadas duas propriedades cujas nascentes se encontravam moribundas.

Com muito tato e persistência os proprietários foram convencidos sobre a importância da proteção e cuidado com as nascentes, como cercamento, reflorestamento da área no entorno do olho d´água entre outras atitudes preservacionista cujo resultado seria, além de manter a água em abundância na propriedade, valorizar a mesma, já que sem água terreno nenhum tem valor.

O Projeto ganhou notabilidade merecendo destaque em diversas apresentações diante sua efetividade com pouco investimento.

Os próximos passos, segundo Fátima Santos é multiplicar a ideia: “Já estamos procurando outras nascentes para iniciarmos um trabalho de recuperação”, informou.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus