Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

08/10/2017 11h01

Vereador denuncia possível irregularidade em alvará do Hospital Margarida

Compartilhe

O vereador Belmar Diniz, denunciou uma possível irregularidade na emissão do alvará de funcionamento do Hospital Margarida. Segundo o parlamentar, a Gerência Regional de Saúde de Itabira (GRS) liberou o alvará para o hospital sem a realização de uma inspeção sanitária no local.  O documento foi assinado pelo diretor da GRS, Alexandre de Faria Martins da Costa (Alexandre Banana), que esteve no Hospital Margarida, no mês passado, para fazer a vistoria e emitiu relatório dias depois apontando melhorias a serem realizadas no local.

Belmar fez duras críticas à situação. Ele, que integra a Comissão de Saúde do Legislativo, contou que foi enviado, em nome da Comissão, ofício para a Secretaria de Saúde Municipal e para a GRS solicitando cópias das inspeções sanitárias das unidades de saúde de João Monlevade e no Hospital Margarida.

Num jogo de empurra de uma secretaria para a outra, Diniz apontou que não conseguiu os documentos municipais, apesar de saber da existência dele. Quanto ao alvará do Margarida, os dados ficam restritos ao órgão que fez a inspeção – no caso, a GRS.

“A resposta do Alexandre é de que não foi possível fornecer o relatório à Comissão legalmente. Mas ele adiantou que ele mesmo fez a inspeção no dia 4 e o hospital encontra-se em muito boa condição sanitária. Disse ainda que é um dos melhores da região”, declarou Belmar. Segundo o vereador, Alexandre foi mais além. “Ele disse que os relatórios da vigilância sanitária ficam legalmente restritos a quem faz a inspeção e ao inspecionamento. Questionei em qual lei há esse amparo. Até o momento da reunião ele também não me respondeu”, disse o vereador.

No entanto, curiosamente após a visita ao hospital, Alexandre Banana alegou que a competência de fiscalizar o hospital é da Prefeitura e não da GRS, segundo a legislação municipal.  “Que mentira descabível. Ele [Alexandre] fala que esteve aqui, fazendo a vistoria, foi lá, disse que estava em ótimas condições, libera alvará e diz que fiscalização não é responsabilidade da GRS? O que este cidadão veio fazer aqui?”, questionou o vereador.

O presidente da Comissão de Saúde, Revetrie Teixeira, lamentou. “O Alexandre sabe as atribuições da GRS e suas responsabilidades e ele simplesmente assina o alvará, responde ao vereador que fez a inspeção e dá outra declaração à imprensa. Este cidadão está faltando com a verdade”, afirmou. Sobre a Vigilância, Revetrie também se pronunciou. “Disse à coordenadora que ela está assinando um cheque em branco. Estes relatórios têm que ser apresentados. Queremos acesso aos relatórios, pois estamos atrás da verdade”, afirmou.

O diretor da GRS, Alexandre Banana, não foi encontrado pela reportagem para comentar o assunto.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus