Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

11/08/2017 07h59

Atraso nos horários dos coletivos é pauta de reunião na Câmara

Compartilhe
Em reunião realizada no início da semana, os vereadores de João Monlevade se reuniram com a Enscon Viação e o Setor de Trânsito e Transporte (Settran) para discutir o atraso no itinerário dos coletivos, depois da implantação do sistema de telemetria instalado nos ônibus. O monitoramento tem gerado transtornos à população, que reclamam sobre a questão com os parlamentares.
 
No encontro, o proprietário da Enscon, Eduardo Lara, disse que a telemetria foi instalada em meados de julho e que os operadores do sistema, que são os próprios motoristas, estão passando por treinamento. Segundo Eduardo, a telemetria vai permitir que os operadores trabalhem de maneira padronizada. “Nosso maior objetivo em implantar esse sistema é garantir maior segurança, tanto para os usuários quanto para o motorista e também para quem trafega pelas vias públicas”, destacou.
 
Eduardo comentou, ainda, que o sistema vai emitir a nota fiscal de serviço, que, posteriormente, vai registrar os pontos iniciais e finais e também os itinerários dos ônibus. “Ou seja, teremos total controle do serviço que prestamos e poderemos corrigir possíveis falhas tão logo elas aconteçam”, afirmou.
 
Com relação ao limite de velocidade permitido nas vias, Eduardo desmentiu que os veículos estejam programados para trafegar a 40 km/h. “Isso é mito. O limite máximo permitido nessas vias é de 60 km/h. O fato é que o trânsito intenso que hoje temos em Monlevade não ajuda, além do grande número de redutores de velocidade. Outro fator é que os operadores passaram a ficar mais cautelosos com a implantação do sistema e, por isso, mantêm uma direção mais suave. Apesar dos transtornos iniciais, garanto a vocês que o sistema trará vários benefícios para o transporte público”, concluiu.
 
Brenno Lima, chefe do Settran, disse que o setor recebeu inúmeras reclamações nos últimos dias com relação ao atraso dos ônibus. Segundo ele, toda mudança gera transtornos, algumas pessoas entendem, absorvem bem, outras não. “Conversamos com a Enscon sobre essas reclamações e vamos buscar alternativas para melhorar essa questão. Mas o sistema de telemetria vai beneficiar demais o transporte público”, comentou.
 
Segundo José Eustáquio, responsável pela parte de transporte do Settran, será feita a readequação dos pontos de ônibus em toda a cidade tendo em vista que as paradas são muito próximas umas das outras. “Podemos pensar, ainda, em intercalar as paradas dos ônibus de determinadas linhas a fim de evitar que elas parem em todos os pontos, principalmente na região central”, sugeriu. A proposta também foi apresentada pelo vereador Vanderlei Miranda, do PR.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus