Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

01/07/2016 08h58

POUCA ROUPA, MUITO AMOR!

POUCA ROUPA, MUITO AMOR!

Compartilhe
Como diz o meu amigo Dindão, só sobrevivem as coisas feitas com o coração. Ele tá certo. O Alvinopolense Futebol Clube de Alvinópolis está fazendo 100 anos de glórias e é um clube movido apenas pelos corações de seus apaixonados torcedores. O Alvinegro na verdade nasceu branco, mas fez-se negro pelo talento. Foi a instituição que contribuiu para aproximar brancos e negros, numa relação respeitosa de mútua admiração. Os brancos tiveram de tirar os chapéus para a criatividade, para a habilidade dos negros no trato com a bola. E claro, se misturaram também, gerando um povo moreno, saudável e muito orgulhoso de sua cultura. Podemos dizer com alegria que em Alvinópolis quase inexiste preconceito e que foi o Alvinopolense um dos fatores responsável por isso. O AFC nunca teve renda, a não ser dos colaboradores que muitas vezes não tinham dinheiro nem para comprar uniformes. Daí o apelido dado pela torcida aniversária, de "pouca roupa", de clube pobre que não tinha dinheiro pra nada. Mas quando a pelota rolava a história era outra. O Pouca Roupa nunca se intimidou com adversário. Ironicamente nos últimos anos as indústrias cortaram investimentos no esporte e o feitiço virou contra o feiticeiro. Muitos clubes tiveram dificuldade sem o suporte financeiro de antes.Mas o Pouca Roupa sobreviveu e não está prosa. Seu clube social é amplo e muito bem estruturado, recebendo os melhores bailes e shows do estado e do país. O estádio do alvinopolense fica na Vila Manuel Puig, bairro mais populoso e que abriga a maior parte da comunidade afro da cidade, berço do samba e de gente trabalhadora, que cresceu muito nos últimos anos. Quando fecho os olhos, me vem imagens marcantes do baile com 3 do Rio, dos carnavais e horas dançantes com os Heltons, Morcegos ou Magnus Som de Bela Vista de Minas. Vejo ainda as figuras de Tuôla, de Terezão ,de Jujuca, Clebinha, do Carnavalesco Aurélio, do João Carlos de Souza Carvalho, do folclórico jogo 3x1, que teve muita catimba, e até ameaça de morte ao artilheiro, dos maravilhosos carnavais, da furiosa tocando bambas do gaspar e levando a multidão ao delírio. Parabéns, Pouca Roupa. Hoje o Alvinopolense completa 100 anos. Amanhã haverá o baile comemorativo no salão do clube. Durante o ano, ainda acontecerão várias atividades comemorativas do centenário. Que a atual geração e a futura saibam reconhecer a importância desse clube que já faz parte do DNA Alvinópolense. 

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus