Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

13/04/2016 07h57

Dengue, clima e unificação de PAs trazem caos para a saúde

Dengue, clima e unificação de PAs trazem caos para a saúde

Compartilhe

João Monlevade – O sistema de atendimento de saúde d emergência em João Monlevade caminha a passos largos rumo ao caos. Desde a mudança do pronto atendimento municipal para o Hospital Margarida (HM) a situação da saúde em João Monlevade vem demonstrando pioras significativas. O setor de emergência da unidade de saúde deixou de viver dias tranquilos para passar por rotinas constantes de superlotação.

O aumento de casos suspeitos de dengue, chikungunya e zika foram outro episódio que lotou o hall de espera por atendimento. E com a chegada do outono, a situação tende a piorar.

O jornal Bom Dia recebeu um email do leitor Roger Castro na tarde de ontem (12). Ele contou que esteve no Hospital Margarida na tarde de segunda-feira (11) acompanhando um paciente que demorou mais de três horas para passar pela triagem. “Chegamos por volta das 16h40. Ele (o paciente) foi passar pela triagem somente às 19h59, para depois ser atendido”.

Ele ainda demonstrou preocupação com o rumo da saúde na cidade. “Infelizmente, está vergonhoso! A cidade antes era referência no Médio Piracicaba, hoje a saúde está lamentável. Quero demonstrar minha total indignação e pedir atenção para a população molevadense”.

Roger ainda opina dizendo que o local não comporta o serviço que vem oferecendo. “O Hospital Margarida está sobrecarregado. Não tem assento suficiente para os pacientes. Nos bastidores ouve (falar) que falta soro, material para trabalho, falta medicação, copo descartável e funcionários desmotivados e apreensivos”.

A reportagem tentou contato com a assessoria do Hospital, o que não foi possível até o fechamento da edição.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus