Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

26/02/2016 09h48

Relatório das Nações Unidas alerta: humanidade pode desaparecer sem abelhas

Compartilhe

O recente relatório das Nações Unidas divulgou que várias espécies de abelhas e outras espécies envolvidas no processo de polinização de plantas estão diminuindo até quase extinção.

As Nações Unidas sublinham no documento que o mundo precisa fazer algo até que os processos respetivos afetem a alimentação.

"Encontramo-nos em um período de declínio e as consequências estão aumentando", comentou um dos autores do relatório, Simon Potts, diretor do Centro de Investigação Agroambiental da Universidade de Reading.

O relatório, baseado em várias pesquisas científicas, foi aprovado por representantes de 124 nações que se encontraram em Kuala Lumpur nesta sexta-feira, 26.

O autor da teoria de relatividade geral, Albert Einstein, já disse que, se as abelhas desaparecessem, a humanidade seguiria o mesmo rumo. Toda a importância ecológica das abelhas está concluída na sua relação à polinização. Sem esta última, nós não teríamos alimentos, inclusive frutas, legumes e até café e chocolate.

No Brasil podem ser encontrados até 300 especies de abelhas, principalmente no Norte e Nordeste.

Segundo uma publicação da revista científica de agronomia que avaliou a apicultura no Brasil ainda em 2011, “a apicultura é uma atividade rentável para pequenos, médios e grandes produtores; e que para o Brasil é bastante promissora, já que nossa flora é considerada uma das maiores e mais ricas do mundo”.

A revista notou também que o Brasil é, atualmente, o sexto maior produtor de mel (ficando atrás da China, Estados Unidos, Argentina, México e Canadá)  e possui dum grande potencial apícola (flora e clima) não explorado.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus