Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

23/12/2015 11h17

Polícia Militar entra na campanha contra o Aedes Aegypti

Compartilhe

A Polícia Militar de João Monlevade iniciou nesta terça-feira, 22, uma campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti, principal causador de doenças como a dengue, a chikungunya e o vírus Zika.

Estão sendo realizadas nas ruas da cidade blitzes educativas com a distribuição de folhetos com dicas importantes para se enviar a proliferação do mosquito.

O início da campanha foi em frente da sede da 17ª Companhia de Polícia Militar Independente. Os motoristas eram orientados sobre como evitar o foco do mosquito em suas casas, como a limpeza e vedação das caixas d’água e tambores, limpeza de calhas, das bandejas de aparelhos de ar-condicionado e geladeiras, pneus guardados em locais cobertos, piscinas e fontes tratadas com auxílio de produtos químicos, na área de serviço os baldes devem permanecer com a “boca” voltada para baixo e o uso de areia nos pratos das plantas para evitar acúmulo de água, são algumas das dicas importantes que devem ser observadas pela população.

A campanha está sendo coordenada pela tenente Luciana Araújo, chefe do Núcleo de Assistência Integral da Saúde da Polícia Militar. Segundo a oficial a participação da população é fundamental para evitar que as doenças causadas pelo Aedes aegypti se espalhe na cidade. “Hoje todos os órgãos de saúde do país estão voltados para a prevenção dessas doenças provocadas pelo mosquito. O setor de saúde da Polícia Militar também está fazendo sua parte, orientando as pessoas de como se prevenir. Neste momento, é muito importante a soma de esforços para conter o avanço dessas doenças em nosso município”, disse.

Em Minas Gerais, segundo balanço divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde, um novo caso de dengue é registrado a cada quatro minutos. Já são mais de 147.657 registros da doença desde janeiro. Deste total, 43% se concentram em cinco municípios. Belo Horizonte, Betim, Uberlândia, Contagem e Lavras.

De 2013 para 2015 os casos de dengue tiveram redução de 91,47%, em Monlevade, segundo dados da Secretaria de Municipal de Saúde. Foram 2.029 casos registrados há dois anos e apenas 173 nesse ano. Apesar da redução da doença, a orientação é de que a população não pode se descuidar.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus