Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

22/01/2015 17h52

População deve ficar atenta aos focos da dengue

Compartilhe

A Vigilância em Saúde (VISA), realiza um trabalho, durante todo o ano, com objetivo de controlar os focos do mosquito Aedes Aegypti e evitar a epidemia da dengue.

Os 41 agentes de endemias realizam inspeções criteriosas em todos os bairros da cidade, orientando e informando à população sobre os cuidados para o controle do mosquito. Esses agentes vistoriam terrenos baldios, caixas d’água, calhas, telhados e no interior das residências. Eles aplicam larvicidas e inseticidas quando necessário e orientam a população a respeito da prevenção e controle de doenças como dengue, chagas, leishnmaniose e outras.

O agente de endemias da Prefeitura de João Monlevade apresenta-se uniformizado (camisa nas cores verde ou branca e calça jeans), portando uma bolsa com material de campo e, a partir da próxima semana, portando crachá de identificação como servidor da Secretaria Municipal de Saúde. Nas casas, a visita do agente começa inicialmente pela parte dos fundos do quintal, onde ele vistoria detalhadamente todos os espaços, inclusive calhas, árvores, muros e reservatórios de água.

Em caso de dúvidas em relação à visita do agente de combate às endemias, o morador poderá ligar para o telefone (31) 3852 3021.

De acordo com o prefeito Teófilo Torres, em 2013, foram notificados 1804 casos. Já em 2014, esse número foi reduzido para 50 notificações e apenas 5 casos foram confirmados. “O nosso objetivo é exterminar a doença em Monlevade. Continuaremos empenhados em controlar a proliferação do mosquito, afirmou o prefeito.

Medidas de Combate à dengue (para eliminar os criadouros e evitar a reprodução e proliferação do aedes aegypti)

- Não deixar água parada em pneus fora de uso. O ideal é fazer furos nestes pneus para evitar o acúmulo de água 

- Não deixar água acumulada sobre a laje de sua residência;

- Não deixar a água parada nas calhas da residência. Remover folhas, galhos ou qualquer material que impeça a circulação da água.

- A vasilha que fica abaixo dos vasos de plantas não pode ter água parada. Deixar estas vasilhas sempre secas ou cobri-las com areia;

- Caixas de água devem ser limpas constantemente e mantidas sempre fechadas e bem vedadas. O mesmo vale para poços artesianos ou qualquer outro tipo de reservatório de água;

- Vasilhas que servem para animais (gatos, cachorros) beber água não devem ficar mais do que um dia com a água sem trocar;

- As piscinas devem ter tratamento de água com cloro (sempre na quantidade recomendada). Piscinas não utilizadas devem ser desativadas (retirar toda água) e permanecer sempre secas;

- Garrafas ou outros recipientes semelhantes (latas, vasilhas, copos) devem ser armazenados em locais cobertos e sempre de cabeça para baixo. Se não forem usados devem ser embrulhados em sacos e descartados no lixo (fechado).

- Não descartar lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo sempre bem fechada;

- As bromélias costumam acumular água entre suas folhas. Para evitar a reprodução do mosquito, o ideal é regar esta planta com uma mistura de 1 litro de água e uma colher de água sanitária.

- Sempre que observar alguma situação (que você não possa resolver), avisar imediatamente um agente público de saúde para que uma medida eficaz seja tomada. 

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus