Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

07/11/2014 08h52

Costelão do Dindão - Música boa, Costela Gaúcha e solidariedade

Compartilhe

O “Costelão do Dindão” é um evento solidário que surgiu junto com o aniversário do jornal, quando foi lançado o “Aniversário Solidário” ainda em 1999. Já a primeira edição do “Costelão” aconteceu no município de Rio Piracicaba. O evento é a comemoração do aniversário do fundador do jornal Bom Dia, Dindão, que aproveita a data para praticar a solidariedade junto aos amigos e amigos dos amigos.

Esse ano a instituição escolhida para receber as doações foi a Sociedade São Vicente de Paula, devido a mesma ter um cadastro de pessoas que realmente precisam de ajuda e terem ainda uma estrutura para fazer com que essas doações cheguem a seus devidos lugares.

Evento

O evento a cada ano vem se destacando no calendário social da região. A festa que vai das 15horas do dia 8 de novembro, sábado, até as 23:00 contará com a apresentação de quatro bandas, Whisky e Blues, Dizarm, Cherlock e Roanny & Augusto e Dizarm - com diferentes estilos musicais – do Pop Rock, passando pelo Blues, MPB, Rock Roll e ainda um bom sertanejo.

Mas um dos principais atrativos é mesmo a Costela Gaúcha de Fogo de Chão, servida durante o dia todo acompanhada de uma farofa espetacular, receita do Chef Luciano Estivalet.

 Além de um ambiente descontraído proporcionado pelo Sítio Bouganville, música boa e a delícia da Costela Gaúcha, você contribui para uma entidade da cidade que será contemplada com a arrecadação.

Diversas empresas e pessoas de João Monlevade abraçaram a idéia e também participam do evento solidário contribuindo com a festa.

A apresentação do evento é da Auto Escola Mariana, que conta ainda com o patrocínio da Líder Multimarcas, Mauá Tecnologia, MR Som, Info Tecnologia, Alternativa 1 FM, Fraga Distribuidora e dos vereadores Guilherme Nasser, Carlos Gomes, Djalma Bastos, Thiago Titó, Belmar Diniz, Pastor Carlinhos e Tuquinho do Povo.

Canta viola com Roanny & Augusto

Claro que no Costelão do Dindão não poderia faltar a boa música sertaneja e para tanto a produção selecionou, dentro inúmeros artistas de qualidade que a região apresenta, uma dupla que agradará em cheio o exigente público da festa.

A dupla escolhida, que terá o nobre objetivo de representar o estilo musical foi  Roanny & Augusto, de São Domingos do Prata.

Roanny & Augusto fizeram a abertura do show de Jads & Jadson no último sábado, em São Domingos do Prata e foi sucesso de crítica nesse evento, sendo considerado sua apresentação como melhor que a dupla principal.

Roanny & Augusto fizeram um repertório exclusivo para o Costelão do Dindão.

Whisky e Blues abre o “Costelão do Dindão”

O grupo com seis anos de estrada e que já se apresentou em grandes eventos, sendo destaque na Festa do Vinho de Catas Altas, abrirá a programação musical do Costelão esse ano.

Já conhecida na região, a Whisky e Blues arrasta legião de fãs por onde passa.

Em setembro a banda foi agraciada com o título “Destaque Mineiro”, evento realizado também em João Monlevade, quando na oportunidade apresentou um super show dançante.

A história da banda, que nasceu em 2008, é longa, digna de roteiro para um filme de Godard.

Já após seu primeiro ano, em 2009, chega para integrar o grupo o baterista Marcos Ferreira, já consagrado músico de Big Bands e bandas de baile, grande entusiasta musical e articulador, o que proporcionou ao grupo expandir seus horizontes e divulgar seu trabalho em mais municípios mineiros.

Novo repertório, novo estilo acrescentado ao currículo do grupo, ocasião em que foram incorporados os instrumentistas convidados Alef Silvestre (trumpete), Bruno Costa (saxofone e guitarra rítmica) e Emerson Rodrigues (trombone).

Após mais algumas mutações, Diego, Douglas e Marcos colocam em prática um projeto antigo, o Power Trio.

Daí, em uma ascensão vertiginosa, inúmeros palcos, centenas de repertórios diferentes, públicos ecléticos e afinação constante, a banda Whisky Blues chega ao ápice na Festa do Vinho em Catas Altas, quando balançou o público no Palco 2. O sucesso da apresentação foi tamanho que a organização, atendendo a pedidos do público, recontratou a banda para mais uma apresentação após o show do Roupa Nova, fato praticamente inédito no meio artístico.

E a Whisky Blues Power Trio não pára por aí – segue firme detonando o melhor do estilo raiz do rock ´n roll.

Segundo Marcos Ferreira, a banda preparou um super repertório para a festa.

Cherlock promete surpresas para o “Costelão do Dindão”

A banda Cherlock, com trabalho concentrado em músicas que fizeram sucesso na década de 80 e 90, com projetos simultâneos Acústico e Elétrico, prometem algumas surpresas sonoras para o “Costelão do Dindão”.

A banda formada por Márcio Wolong (Vocal, violão, guitarra, teclados, Harmônica), Matheus Anvil (Vocal, violão, guitarra), Tikko Rodrigues (Vocal, baixo, baixo acústico) e Marco Antônio (Vocal, bateria, percussão), desenvolve um trabalho com projetos simultâneos, acústico e elétrico.

As principais influências dos seus membros , Márcio Wolong (Iron Maiden, Steve Vai, Dire Straits), Matheus Anvil (Duran Duran, Pearl Jam, Maná, Whitesnake, Black Sabbath), Tikko Rodrigues (Nightwish, Raul Seixas, Rush, Dr. Sin) e Marco Antônio (Mettalica, O Rappa, Tianastácia), mostram a sonorização eclética e harmônica do grupo – não deixando o peso do metal de lado.

Tendo o Pink Floyd como referência direta para a maioria dos membros atuais, a banda que foi formada em 2007, vem se transformando ao longo dos anos, hoje procura desenvolver um trabalho, destacando alguns covers de acústico MTV e outras versões nunca vistas criadas pela própria banda.

Dentre essas versões criadas pela banda, uma está sendo especialmente desenvolvida para o Costelão do Dindão, mas é uma surpresa guardada a sete chaves que nem o Sherlock Holmes decifraria. Só mesmo conferindo de perto a apresentação da Cherlock.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus