Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

29/10/2014 13h59

Suspeitos de sequestrar adolescente são presos em João Monlevade

Júnior Coelho da Cruz, 19, Ronaldo Júnior Tadeu, 20, Rainer Gomes Vieira, 21, Paulo Marcos Fernandes Martins e Fernandes, 26

Compartilhe
João Monlevade-Quatro homens foram presos pela Polícia Civil de João Monlevade nessa terça-feira, 28 de outubro, acusados de sequestrar uma adolescente de 14 anos, em Alvinópolis. Os integrantes da quadrilha foram identificados como Júnior Coelho da Cruz, 19, Ronaldo Júnior Tadeu, 20, Rainer Gomes Vieira, 21, Paulo Marcos Fernandes Martins e Fernandes, 26. Eles são considerados de alta periculosidade pela polícia.
De acordo com o delegado adjunto Bernardo de Barros Machado, que comandou a operação de prisão dos acusados, os quatro homens foram localizados no Beco Vanessa, 80, no bairro Sion, em João Monlevade. O local era onde a adolescente também era mantida pelos criminosos.

O delegado informou que recebeu a denúncia, por meio do delegado de Alvinópolis, de que uma adolescente teria sido sequestrada por dois homens armados.  A moça teria sido levada para João Monlevade. Uma equipe foi para a cidade e identificou os quatro homens, todos com passagens pela polícia, sendo que Júnior Coelho, conhecido por Juninho Capeta, era procurado por roubos em João Monlevade. Os alvos de suas ações eram postos de combustíveis, pedestres e veículos. Júnior  teria praticado mais de 10 assaltos na cidade junto de outro homem, que está foragido. Ele chegou a ser reconhecido por, pelo menos, cinco vítimas.
Já Paulo Marcos estava em liberdade condicional, por tráfico de drogas. De acordo com a polícia, Ronaldo Tadeu teria convidado os demais autores para participarem do sequestro da adolescente. Mas ele negou à polícia participação no crime e disse que a adolescente quis acompanhá-los.
Júnior Coelho, que é morador da cidade de Dionísio, ainda vai responder pelo crime de roubo. O delegado solicitou um mandado de prisão para que ele permaneça detido até a conclusão das investigações dos crimes de roubos, que ele teria cometido na cidade. O autor possui duas tatuagens em forma de diamantes, uma em cada mão, o que teria facilitado a identificação dele por várias vítimas. Ele é suspeito também de ter participado de um duplo homicídio no dia 4 de maio deste ano. Ele nega a participação no crime. Júnior ainda é acusado de ameaçar um policial militar em Dionísio.
A adolescente foi entregue para seus familiares e os quatro autores foram autuados em flagrante e conduzidos para o Presídio da cidade, onde permanecem à disposição da Justiça. (Informações: OPopularJM)

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus