Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

07/08/2014 20h46

Ocupação Isidoro - Belo Horizonte/Santa Luzia

Documentário F Imagens retrata o drama de milhares de pessoas

Compartilhe

A cada dia que se passa, aprendemos algo novo para um novo dia. No entanto, ao realizarmos essa produção aprendemos algo novo que levaremos para todos os dias: devemos simples e eternamente valorizar o lugar que temos para descansar após cada dia de trabalho. A F imagens dá início ao seu 3º documentário na Ocupação do Isidoro, um espaço entre Belo Horizonte e Santa Luzia, onde famílias vivem sob a ameaça de serem tiradas de suas casas.

Há algumas semanas recebi um email do Pacelli Teodoro, estudante do pós-doutorado, com a proposta de rodar um documentário sobre seu projeto de pesquisa. Quando ele mencionou o tema, trocamos e-mails sobre os possíveis conteúdos, mas, ainda ali, não imaginávamos o quão intenso e impactante seria este trabalho. 

Foram 3 dias exaustivos, mas recompensadores, de gravações. À primeira vista, nos deparamos com o infeliz descaso dos seres humanos para com seus iguais.São mais de 12 mil famílias, que lutam por um espaço de terra para si e para os seus, correndoo risco de serem tiradas de suas casas a qualquer hora do dia ou da noite. Famílias que há muitos anos pelejam na construção de suas casas (ou “barracos”, como são chamados por eles) e que, com um sorriso no rosto, esboçando qualquer tipo de felicidade, fizeram valer cada instante que estivemos ali. Mas, além disso, tivemos o prazer e o privilégio de conhecer histórias fantásticas, como a do senhor Wanderly, ex militar, músico, e um dos fundadores da Ocupação, e a da dona Telma, que traz em seu rosto marcas da luta e do sofrimento de longos anos, mas conserva no sorriso estampado a gratidão e a esperança no espaço que chama de seu (essas e muitas outras histórias estarão, em breve, no documentário completo em www.fimagens.com).

Para esclarecer vale mencionar que estes locais, antes da ocupação, eram campos de mata fechada, isolada e abandonada. Sem luz, água, esgoto ou qualquer tipo de saneamento, os primeiros moradores chegaram, limparam e, com muito esforço fizeram habitável o lugar que hoje chamamos de Ocupação do Isidoro. Na mesma ocupação há 3 locais diferentes, uma espécie de 3 bairros, bairros estes que fazem limite com outros bairros vizinhos que vão além da Ocupação, mas são excluídos do sistema sem direito a posto de saúde, escola ou segurança, simplesmente porque estão “do lado de lá” – como se os limites do espaço fizessem de seus moradores menos humanos e/ou menos importantes.

Da tranquilidade de nossos lares, de nossa zona de conforto é realmente difícil, quiçá impossível, imaginar o que acontece em uma ocupação. Conhecer de perto um pouco do dia a dia, conversar com moradores, se identificar com aquelas mães, pais, crianças, idosos, gente trabalhadora... É um convite instigante à reflexão. Famílias socialmente invisíveis, politicamente sem voz, legalmente sem vez. Famílias incrivelmente solidárias entre si, vivendo entre a esperança da realização de sonhos e o medo de serem acordados de madrugada e brutalmente arrancados de seus lares, por quem deveria protegê-los, a polícia. Gente que já criou identidade com seu pedacinho de terra, sua horta, sua rua, seus vizinhos, em uma propriedade que estava ociosa há anos e sem cumprir sua função social, uma verdadeira "terra de ninguém". O que eu senti, ao conhecer as ocupações do Isidoro: Vitória, Rosa Leão e Esperança? Vontade de ser uma pessoa melhor e vergonha de todas as vezes que já reclamei de minha vida. Os moradores das ocupações do Isidoro estão em meu coração e, agora, fazem parte de minha vida! "Enquanto morar for um privilégio, ocupar será um direito!

-Débora Barcelos

A Ocupação Isidoro nos acresceu valores e nos fez recordar alguns outros que, com frequência, deixamos de lado por seguir tão cegamente algumas diretrizes do sistema. Acompanhem as novidades dessa produção pelo sitewww.fimagens.com.

A previsão de lançamento completo é para o mês de Outubro. Fiquem ligados!!!

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus