Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

26/06/2014 20h59

Cenários - Pé da Letra

Compartilhe
Pé da letra
O jogador Soares do Uruguai não deveria ter sido punido. Ele simplesmente levou ao pé da letra a ordem do seu treinador que falou na preleção: no meu time, todo mundo tem de marcar, de morder o adversário. Vai daí...
 
Mojica tá certo
Ele disse o seguinte. Uai, então quebrar a perna pode, dar dentada não pode. Quer dizer então que pode o cara dar cotovelada, dar até patolada (que já esteve na moda no Brasil, que consiste no jogador apalpar o órgão sexual do adversário). Pode o cara fazer gol com a mão, como fez o Maradona. Ele disse outra coisa. Uai, se você pode usar a tecnologia pra punir o que o juiz não viu, então comecem a cancelar alguns gols quando o juiz não marcou impedimento, cancelar pênaltis, reverter resultados. Agora, vai punir apenas o pobre do vampiro Uruguaio?
 
Clube dos 9
Apenas Argentina, Colômbia e Holanda ganharam as 3 partidas.
 
Quem jogou mais bonito?
O time pra mim com o futebol mais vistoso foi a Colômbia. Jogou bem e venceu com autoridade as 3 partidas. A Costa Rica também jogou um belo futebol. A Argentina não joga de forma intensa. Parece dosar bem a energia para forçar na hora certa. A Holanda jogou de forma intensa e não sei se manterá a mesma força física. A Alemanha jogou como a Argentina: administrando a energia. O Brasil jogou freiando e acelerando. A França também jogou de forma intensa. A Grécia jogou de forma intensa sua última partida.
 
Copa das Copas?
 Se formos levar em conta que é a primeira copa em que todos os campeões mundiais participam, devemos mesmo considerarmos essa como a copa das copas. Mas não tem sido só isso. Não me lembro de uma primeira fase tão emocionante, com tão belas partidas de futebol. No finalzinho da primeira fase, caiu um pouco o nível, pois  muitas das grandes seleções já estavam classificadas.
 
Os melhores  jogadores
 Robin da Holanda, Neymar e Davi Luiz do Brasil, Messi da Argentina, Quadrado e Jaime Rodrigues da Colômbia, Muller da Alemanha, Boñanos e Campbell da Costa Rica, Sanches e Soares do Chile, Soares do Uruguai, Samahas da Grécia é muito bom, Hazard da Bélgica, Benzemá da França. Esses são os nomes da copa até agora.
 
Os otimistas ufanistas
 No afã de positivar, alguns ufanistas exageram nas cores. O pessoal usa muitos superlativos. Por mais legal que esteja sendo a copa, não gosto disso de chamar de copa da copas. Acho pouco humilde e desrespeitoso com os outros países, que também fizeram grandes copas. Não sei por que esse desejo doentio de querer ser melhor, maior. Nunca antes nesse planeta houve uma copa tão grandiosa. Não gosto disso. A melhor copa é sempre a atual..
 
Os pessimistas enjoados
 Tem neguim que torce contra o Brasil pois acha que assim o governo perderá pontos no ibope se a seleção cair. Eu torci pela seleção em todas as copas e iria torcer logo quando a copa é no Brasil? Posso até não sentir tanta firmeza, mas quem sabe? E se não ganhar, tá tudo certo também. A copa tá linda. Por outro lado, já tem peidorreiro dando desculpas. Saiu uma matéria na espanha, dizendo que as altas temperaturas atrapalharam a sua seleção, que é desumano um sujeito jogar no calor dos trópicos, falou que o Brasil vive mergulhado no caos e desceu a lenha. Mas os companheiros da imprensa internacional trataram de enquadrar o despeitado jornalista. Não dá pra dizer que é manipulação, pois não há como exercer qualquer tipo de vigília sobre o conteúdo gerado na copa. Cada país vai puxando a sardinha para sua brasa. Mas a voz geral é de que o ambiente é muito bom, que estamos fazendo uma grande copa e que existe um clima de alegria e liberdade no ar. 
 
Fato
 Tá tudo funcionando muito bem, os estádios ficaram lindos, o clima é o melhor possível. Se existem alguns fatores negativos a criticar, os fatores positivos os superam em muito.
 
Coxinhas internacionais e elite presentes
 Convenhamos. O pessoal que veio de fora pra ver os jogos pertence as elites de seus países. Viajar, passar vários dias num país estranho acompanhando sua seleção fica caro pra chuchu. Não é pra qualquer um. Agora vejam a ironia. As plateias dos jogos são formadas por pessoas de um nível econômico superior a média. É a classe média alta dos países que veio pra copa
 Burguesia, coxinhas com dinheiro no bolso? Isso Pode!!!!
 Essa galera alegre e beberrona traz muito dinheiro no bolso e deixa no Brasil. E é bem melhor que a classe média brasileira que vive reclamando de barriga cheia. Os coxinhas de lá não reclamam como cá. Que retornem muitas e muitas vezes e tragam seus cartões de crédito. 
 
O Povo
 A brasileirada faz festa de qualquer jeito. Seja de casa, nos telões espalhados pelas cidades, nos bares, seja onde for. Ir ao estádio realmente tá sendo pra poucos. Mas a galera pega suas tv gigantes compradas nas Casas Bahia ou Ricardo Eletro, chamam a turma pra ver, fazem um churrasquinho, um funk antes e um pagode depois e tá feita a festa.
 
 Ironia
 As torcidas do Chile, Colômbia, Argentina e Uruguai estão dando um show. Elas tem um monte de músicas e cantos de guerra. Curioso isso, mas a torcida brasileira não tem feito a diferença. É que enquanto os torcedores adversários se juntam, nossa torcida fica dispersa. E nos últimos anos, foi aberta uma guerra contra as torcidas organizadas, que estavam espalhando o caos, mas que tinham seus gritos de guerra e sua paixão.No Brasil há paixão pelos clubes, mas não pela seleção. As pessoas não se juntam pra torcer pela seleção brasileira como fazem com seus clubes. É uma questão a ser pensada...
 
PIG ou PIP?
Dizem que existe o PIG. o tal partido da imprensa golpista. Poucos falam do PIP. Partido da imprensa paga.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus