Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

17/06/2014 10h53

Moradores do Areia Preta se reúnem com presidente da Câmara e representante da Cemig

Encontro teve como objetivo discutir ações relativas a danos em equipamentos domésticos

Compartilhe

Em reunião intermediada pelo presidente da Câmara de João Monlevade, Guilherme Nasser (PSDB), representantes dos moradores do bairro Areia Preta reuniram-se com o agente de Comercialização da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Eluyr Dias Silva, para discutir algumas questões relativas à distribuição de energia no bairro. Além de Guilherme, participaram do encontro Neimar Alcântara Linhares e Antônio de Pádua Oliveira Santos, representando a comunidade.

Conforme relatado por Neimar, os moradores perceberam um aumento na incidência de raios na região, o que acarreta inclusive em alguns prejuízos. “Houve aumento também no número de aparelhos danificados devido a isto”, disse. Antônio reforçou a fala de Neimar, destacando ele mesmo já ter sido prejudicado. “Tive um aparelho de antena parabólica que foi queimado e quando procurei o atendimento da Cemig para poder ver a questão de ressarcimento, fui informado que para isso era preciso da nota fiscal, a qual eu não tinha mais”, explicou.

Sobre a questão de incidência de descargas elétricas, Eluyr destacou que todos os postes da Cemig possuem aterramento, o que descarta a necessidade de instalação de para-raios. “Além disto, conforme previsto em lei, os empreendimentos particulares devem ter o aterramento”, declarou. Contudo, para atender à demanda dos moradores, o agente disse que irá solicitar um levantamento relativo ao aterramento dos postes instalados no bairro.

Com relação aos prejuízos dos moradores, Eluyr explicou os procedimentos que devem ser tomados. “É importante comunicar à Cemig sobre o fato. O cidadão terá que preencher uma ficha relatando o ocorrido e ainda apresentar um laudo feito por um profissional capacitado. Se a empresa não der retorno em tempo hábil, após estudo do caso, é feita a reposição dos gastos ao cidadão. Ressalto que não é preciso ter a nota fiscal do aparelho”, disse Eluyr. Esta solicitação pode ser feita por telefone, através do 116,  ou em algum ponto de atendimento da companhia.

Ao final do encontro, Guilherme agradeceu a atenção da Cemig e se colocou à disposição dos moradores para auxiliar no que for possível. “Acredito que a reunião de hoje, solicitada pela comunidade, foi de grande proveito. Aguardamos agora o estudo da Cemig sobre o bairro, para darmos continuidade ao diálogo”, disse.

Cuidados em caso de descargas elétricas

Eluyr destacou que o período chuvoso no qual ocorre aumento das descargas elétricas está chegando. Por isto ele ressaltou algumas ações recomendadas pela Cemig em caso de descargas elétricas:

•        Não tomar banho ou utilizar a torneira elétrica durante as tempestades;

•        Evitar contato com qualquer objeto que possua estrutura metálica, como fogões, geladeiras, torneiras, canos, entre outros;

•        Evitar ligar aparelhos e motores elétricos, para não queimar os equipamentos;

•        Afastar-se das tomadas e evitar o uso do telefone;

•        Desconectar as tomadas de aparelhos eletrônicos;

•        Permanecer dentro de casa até a tempestade terminar;

•        Desligar os fios de antenas dos aparelhos.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus