Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

23/03/2014 09h39

Acidente na 381 mata sargento da PM de Monlevade

Gol de Rio Piracicaba, conduzido por Jean Alves, que estaria bêbado, teria causado acidente

Compartilhe

Um motorista embriagado teria provocado um acidente grave que tirou a vida de um sargento da 17ª Companhia Independente Polícia Militar de João Monlevade.

O acidente ocorreu por volta das 21h50 deste sábado, 23, no km 336, da BR-381, em Nova Era.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o sargento Carlos Augusto Bicalho, 47, seguia de Nova Era para João Monlevade conduzindo a motocicleta Honda Bros placa HIL-5114 de Ipatinga, quando foi atingido, na contra mão de direção pelo veículo Gol placa GQG-6154 de Rio Piracicaba, que era conduzido por Jean Alves Rios, 33.

Carlos Augusto teve o corpo mutilado e morreu no local. Ele morava em Nova Era e estava fardado, seguindo para iniciar o turno das 23h, em João Monlevade.

O impacto da batida foi tão violento que a motocicleta conduzida pelo militar ficou completamente destruída.

O Gol parou cerca de 70 metros do local do impacto e teve a frente destruída. Dezenas de amigos do policial estiveram no local do acidente.

De acordo com a PRF, Jean Alves, que conduzia o Gol, apresentava fortes sintomas de embriaguez e foi submetido ao Etilômetro (instrumento utilizado para medir a concentração de bebida alcoólica). Segundo a PRF o aparelho detectou 1,33 mg/l de teor alcoólico no seu organismo. Atualmente qualquer concentração de álcool por litro de sangue ou por litro de ar alveolar sujeita o condutor às penalidades previstas no art. 165 do Código de Trânsito Brasileiro.

Jean recebeu voz de prisão em flagrante e foi levado para o Hospital Margarida em João Monlevade para ser medicado, e depois para a 4ª Delegacia Regional de Polícia.

A área foi isolada pela PRF até a chegada do perito Cristiano Mol, da Polícia Civil de João Monlevade, que após os trabalhos de praxe liberou o corpo da vítima que foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), do Cemitério do Baú.

Por causa do acidente o trânsito ficou lento no local e só voltou a fluir normalmente, por volta das 23h40 com a retirada dos veículos acidentados.

O Gol foi apreendido e rebocado para o pátio credenciado do Detran em João Monlevade.

O sargento Carlos Augusto Bicalho era casado e estava há 27 anos na Polícia Militar e já estaria se preparando para se aposentar este ano.

Ele atuou na Polícia Militar em Nova Era, por 23 anos, onde morava com a família e nos últimos anos vinha trabalhando em João Monlevade.

Ele era irmão do Tenente Adilson Bicalho, que também trabalha na Polícia Militar em Monlevade.

Fonte / Fotos - Bell Silva

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus