Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

13/12/2013 10h01

Câmara devolve mais de R$ 2 milhões à Prefeitura

Valor é o mais alto já devolvido na história

Compartilhe

A Câmara Municipal fez no último dia 11 a devolução das sobras orçamentárias, referente ao ano de 2013. Demonstrando uma gestão responsável e coerente dos recursos públicos, o Legislativo devolveu aos cofres públicos o montante de R$2.140.000,00.

Para fazer a devolução da verba, se reuniram na sede da Câmara o presidente Guilherme Nasser (PSDB), os vereadores Djalma Bastos (PSD), Leles Pontes (PRB), Telles Superação (PSC), Carlos Gomes (PSB), Fabrício Lopes (SDD) e Tuquinho do Povo (PROS). A assessora parlamentar do vereador Thiago Titó (PMDB), Ana Flávia Cota representou o edil. Os vereadores Belmar Diniz (PT), Vanderlei Miranda (PR), Zé Lascado (PSDB), além de Thiago, não puderam comparecer e justificaram suas ausências. Esteve presente ainda o prefeito Teófilo Torres (PSDB).

É importante ressaltar que na quarta-feira foi devolvido o cheque no valor R$1 milhão. Já durante o ano, foram devolvidos gradativamente R$1.140.000,00. Este valor, repassado mensalmente, permitiu o retorno dos projetos sociais ‘Bebê a bordo’ e ‘Transporte Universitário’. Além disto, parte da verba foi investida pelo Executivo no aluguel de caminhão caçamba, auxiliando nos trabalhos de limpeza, bem como ajudou no pagamento dos salários em atraso do funcionalismo público, dívida vinda da última Administração.

Guilherme Nasser começou o encontro, ressaltando que este primeiro ano de governo foi difícil, mas de grande aprendizado. “Com este dinheiro, esperamos ajudar na melhoria do serviço prestado à população, principalmente nas áreas de limpeza urbana, tapa buracos e saúde”, declarou. Guilherme agradeceu e parabenizou os vereadores pelo trabalho realizado ao longo do ano.

A palavra foi aberta aos demais vereadores. Carlos Gomes destacou o trabalho desenvolvido em 2013. “Desde o primeiro dia, fazemos o uso responsável dos recursos, trabalhando para melhorias na cidade e ainda atentos à situação financeira do município”, disse. Carlos ressaltou que acredita no atual prefeito e que espera um ano melhor em 2014. Já Tuquinho do Povo disse que aprendeu muito com os demais vereadores. “Não é possível agradar a todos, mas sempre prezamos pelo melhor”, disse.

Fabrício Lopes pediu que o prefeito faça bom uso do recurso devolvido pela Câmara. O edil pediu ainda mais clareza na gestão pública.

Leles Pontes também solicitou que parte do recurso seja utilizado na limpeza urbana, alvo de reclamação de grande parte da população. “Neste primeiro mandato aprendemos muito e buscamos acertar. Acredito que a Prefeitura deve atuar na limpeza, principal gargalo de Monlevade”, declarou.

Djalma Bastos focou no trabalho dos vereadores. Segundo ele, muitos projetos aprovados irão trazer benefícios a longo prazo. “A Câmara foi muito parceira da Prefeitura, sempre buscando o melhor para a cidade. Todos nós pensamos no município”, disse. Telles Superação ressaltou que este primeiro ano de mandato foi de aprendizado diário e que o convívio com os edis vem sendo respeitoso. Todos os vereadores presentes elogiaram a gestão de Guilherme Nasser, reforçando o apoio de cada um para a continuidade dos trabalhos em 2014.

 

Prefeito reconhece trabalho dos vereadores 

 

Teófilo Torres reconheceu que este primeiro ano de seu mandato foi difícil, mas que grandes avanços foram registrados, em especial no setor de saúde. “Como termômetro posso usar a fila de espera para cirurgias de catarata e ainda para exame de mamografia. O tempo de espera é muito curto. Ano passado foram feitas 800 cirurgias de catarata. Este ano foram 1.800”, declarou. Outro ponto destacado pelo prefeito é que esta devolução ao Executivo demonstra o comprometimento dos vereadores e a responsável gestão exercida por Guilherme Nasser. “Os vereadores entenderam a situação. O dinheiro é do Prefeitura, mas é de livre uso da Câmara”, destacou.

Sobre a dificuldade financeira da Prefeitura, Teófilo disse que assumiu a gestão com muitas dívidas. Para ele, a principal conquista foi o retorno da credibilidade financeira de João Monlevade. “Conseguimos reservar verba para pagamento do 13º dos servidores e ainda as férias dos professores. Este ano foi de muitas manifestações populares, aprendizado e de superação.  2014 será diferente”, declarou.

Para finalizar a reunião, Guilherme agradeceu os vereadores pelo empenho, em especial nas comissões parlamentares. “Nunca vi comissões tão atuantes”, disse. O presidente do Legislativo monlevadense ainda ressaltou que espera um melhor governo em 2014 e que a Câmara estará sempre empenhada em buscar o melhor para a cidade. Ao final, foi repassado o cheque ao prefeito.

 

 Devolução das sobras orçamentárias desde 2003:

 

 

 

     ANO

SOBRAS ORÇAMENTÁRIAS

2013

R$ 2.140.000,00

2012

R$ 198.902,41

2011

R$ 742.754,94

2010

R$ 799.917,66

2009

R$ 1.290.426,41

2008

R$ 1.329.578,13

2007

R$ 1.195.089,85

2006

R$ 899.255,74

2005

R$ 544.396,4

2004

R$ 431.266,58

2003

R$ 532.503,28

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus